é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 04 de janeiro de 2018 às 17h57

Acostumado a ser campeão, Nilton quer ganhar títulos no Bahia

Volante vê Bahia pronto para levantar até três troféus em 2018

Victor de Freitas

2018-01-04-17-36_capaniltonapresentacao
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

Anunciado pelo Bahia como "volante multicampeão", Nilton foi apresentado oficialmente à imprensa na tarde desta quinta-feira (04), no CT do Fazendão. O jogador falou sobre o acerto com o Esquadrão e destacou seus objetivos com a camisa tricolor.

Em 2016, Nilton buscou uma nova experiência ao assinar com o Vissel Kobe, do Japão, onde atuou por dois anos. De volta ao Brasil, o novo meio-campista tricolor afirma estar motivado e se diz "acostumado a cobranças".

"Sou acostumado com cobranças. É o que motiva. Tem que ter o entusiasmo de brigar por mais. Foi muito bom (atuar no Japão). Almejava uma saída. Quase fui para na Inter de Milão, mas não foi fechado. Águas passadas. Consegui fazer bons jogos no Japão, uma boa campanha. Foram dois anos maravilhosos", disse o jogador.

Com três títulos brasileiros em seu currículo, além de uma série de outras taças conquistadas, o volante garante estar confiante em ser campeão no Bahia em 2018.

"Agradecer ao Diego, pela forma que foi compreensivo, soube passar claramente o planejamento, o que o Bahia almeja esse ano. Os jogadores que chegaram são escolhidos a dedo. A gente tem condições de buscar dois, três títulos, sim, pela intensidade que está se formando", destacou o jogador.

Em seu segundo dia de trabalho no Fazendão, Nilton também falou dos demais colegas que conhece no atual elenco tricolor.

"Já joguei com Élber, contra o Brocador, que posso falar, o homem broca mesmo. É bacana chegar no clube onde já tem as pessoas as quais você pode se aproximar", comentou.

No Brasil, Nilton ganhou títulos por todas as equipes que defendeu. Foi campeão da Série A e Série B pelo Corinthians; Série B e Copa do Brasil pelo Vasco; bicampeão da Série A pelo Cruzeiro e campeão gaúcho pelo Internacional.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.