é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Brasileiro

Publicada em 07 de junho de 2018 às 21h52

Bahia é derrotado pelo Paraná e cai uma posição no Z-4

Esquadrão agora ocupa o 19º lugar

Victor de Freitas

2018-06-07-21-42_capaparanaxbahia2018
Fonte: Divulgação / ECBahia

Na noite desta quinta-feira (07), o Bahia sofreu mais uma derrota consecutiva como visitante. O Tricolor perdeu por 1 a 0 para o Paraná, em partida válida pela décima rodada da Série A.

Com o revés sofrido longe de casa, o Esquadrão de Aço segue como o pior visitante da competição e cai uma colocação na tabela, com oito pontos e no 19º lugar.

O JOGO

O Bahia entrou em campo com mudanças no time titular e no esquema tático para enfrentar o Paraná. Flávio se juntou a Gregore e Elton na trinca de volantes.

Na frente, os pontas Élber e Zé Rafael eram os responsáveis por levar a bola ao ataque. Atuando como um "falso 9", Vinícius era quem atuava mais próximo do gol. E foi justamente com o camisa 29 que o Esquadrão levou perigo pela primeira vez no jogo.

Aos 18 minutos, Nino Paraíba avançou pela direita e cruzou na área. Como um centroavante, Vinícius ganhou da defesa e cabeceou forte. Mas parou na primeira defesa do goleiro Thiago Rodrigues.

Encontrando espaços para avançar pelo flanco direito do campo, Élber driblou seu defensor e invadiu a grande área aos 25 minutos. O atacante chutou forte, mas também parou em defesa do arqueiro adversário. Aos 27, foi a vez de Vinícius chutar de fora da área e levar perigo.

Mesmo jogando em casa, o Paraná tinha dificuldades para chegar ao ataque e pouco incomodou o goleiro Douglas. Johnny Lucas, aos 34 minutos, acertou um chute de fora da área. Mas a bola passou ao lado da trave direita.

Mais ativo no ataque, o Esquadrão chegou mais duas vezes antes do intervalo. Aos 44 minutos, Flávio acertou um forte chute de fora da área, mas Thiago Rodrigues mandou para escanteio. Na cobrança, a bola passou por toda a extensão do campo e parou nos pés de Zé Rafael. O meia chutou cruzado, mas a bola passou raspando a trave.

SEGUNDO TEMPO

Já no segundo tempo, a primeira grande chance saiu dos pés do Paraná, aos 16 minutos. Em um lance confuso pelo lado direito, a bola foi cruzada para o centro da pequena área. O atacante Thiago Santos chutou, mas o zagueiro Tiago salvou o o que seria gol.

Em resposta, o Esquadrão chegou à grande área paranaense em um lance veloz pelo lado direito. Zé Rafael avançou em direção à linha de fundo e cruzou, mas Elton não conseguiu concluir aos 19 minutos. No mesmo lance, o Paraná arrancou em velocidade e abriu o placar com gol de Silvinho.

Depois de sair em desvantagem no marcador, o Esquadrão se viu na obrigação de se lançar ainda mais ao ataque. Cláudio Prates apostou na entrada dos jovens Fernandinho e Ítalo para tentar ganhar em velocidade na reta final da partida. Entretanto, as substituições não surtiram o efeito desejado.

Nos últimos minutos, o Esquadrão esboçou uma pressão em busca do empate, mas parou em uma grande defesa do arqueiro adversário em cabeçada de Lucas Fonseca aos 48 minutos.

O Bahia atuou com: Douglas, Nino, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore, Elton (Fernandinho) e Flávio; Vinicius (Allione), Zé Rafael (Ítalo) e Élber.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.