é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Baiano

Publicada em 17 de março de 2018 às 20h25

Bahia empata sem gols com a Juazeirense no 1º jogo da semifinal

Tricolor peca pela pouca criatividade e não tira o zero do placar

Victor de Freitas

2018-03-17-20-37_capajuazeirensexbahia22
Fonte: Divulgação/ECBahia

Na noite deste sábado, o Bahia ficou no empate em 0 a 0 com a Juazeirense em jogo válido pela ida das semifinais do Campeonato Baiano. O jogo foi disputado no estádio Adauto Moraes, em Juazeiro.

Com o resultado na ida, o Tricolor segue com a vantagem pelo regulamento. Pode até empatar na partida de volta para avançar à final. As equipes se enfrentarão pela segunda vez no próximo domingo (25), na Fonte Nova.

Mas, antes de enfrentar a Juazeirense na volta da semifinal, o Bahia terá pela frente um jogo contra o Altos, pelo Nordestão, nesta terça-feira (20), também na Fonte Nova. 

O JOGO

O primeiro tempo foi marcado por equilíbrio entre os times na posse de bola, mas com poucas chances de gols criadas pelas equipes. A melhor oportunidade, no entanto, aconteceu para o lado da Juazeirense.

Em busca do triunfo para ampliar sua vantagem no confronto de semifinal, o Tricolor chegou com perigo logo aos seis minutos. Após avanço de Léo pela esquerda, a bola foi cruzada para área e sobrou para finalização de Vinícius. Porém, a defesa do Cancão de Fogo evitou o que poderia ser o primeiro gol.

Aos 22 minutos, Kayke teve mais uma oportunidade de gol para o Bahia. O atacante recebeu passe na grande área e tentou uma cavadinha, mas foi facilmente defendido pelo goleiro Tigre.

A partir daí, foi a Juazeirense quem criou suas chances e deu trabalho para a defesa tricolor. Aos 26 minutos, Salatiel chutou rasteiro e obrigou Douglas a fazer uma boa intervanção. Aos 37, Eronbateu forte da entrada grande área e Douglas realizou uma grande defesa para evitar o gol adversário.

Novidade na escalação titular do Esquadrão, o jovem Marco Antônio fez a última chance da primeira etapa. Apóa receber passe em profundidade, o meia-atacante chutou de perna direita e parou em fácil defesa de Tigre.

Já no segundo tempo, o técnico Guto Ferreira mandou a campo o volante Elton no lugar do meia-atacante Marco Antônio. A opção foi para tentar ganhar mais disputas no meio-campo e liberar Zé Rafael para atuar no ataque.

A segunda etapa também foi marcada por jogo truncado no meio-campo, mas com os dois times tendo dificuldades para finalizar bolas em gol. Pelo lado do Bahia, a primeira oportunidadea conteceu aos seis minutos. Após escanteio cobrado por Vinícius, o zagueiro Tiago tentou chutar de primeira, mas foi travado pela defesa.

Aos 17 minutos, o Tricolor chegou a balançar as redes com Kayke, mas o lance foi anulado por impedimento. A próxima chegada ao ataque, por parte do Bahia, aconteceu somente aos 29 minutos, quando Léo avançou pela esquerda e cruzou na área. Edigar Junio e Kayke tentaram, mas não conseguiram chutar a gol.

Utilizando o artifício da finalização de longa distância, Vinícius criou a melhor chance do Bahia na partida. Aos 34 minutos, o camisa 29 acertou um forte chute de fora da área que passou raspando a trave do goleiro Tigre. Em resposta, a Juazeirense acertou o travessão do goleiro Douglas, aos 40 minutos.

Nos minutos finais, o Tricolor tentava encontrar forças para chegar à área da Juazeirense, mas esbarrava na falta de criatividade e no meio-campo adversário. O empate sem gols ficou no placar até o fim.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.