é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Brasileiro

Publicada em 24 de setembro de 2018 às 21h56

Bahia sofre derrota por 2 a 1 para o Vasco em São Januário

Com Douglas Expulso, Tricolor atuou com um a menos por 60 minutos

Victor de Freitas

2018-09-24-21-40_capaleo17
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Na noite desta segunda-feira (24), o Bahia visitou o Vasco em São Januário e foi derracumulaotado por 2 a 1. A partida foi válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Tricolor passa a acumular três jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro e termina a rodada em 14º lugar, com 29 pontos. O próximo desafio será contra o Flamengo, no sábado, em Salvador.

O JOGO

Mesmo atuando como visitante, o Bahia se sentiu em casa nos primeiros minutos, conseguindo levar perigo ao gol vascaíno logo em suas primeiras investidas ao ataque. A primeira delas aconteceu justamente no minuto inicial, em finalização de letra feita por Gilberto e defendida pelo goleiro Martín Silva.

Aos cinco minutos, Élber fez grande jogada pelo lado direito, driblou seu marcador e cruzou rasteiro para a pequena área. Gilberto finalizou em direção ao gol, mas parou em uma defesa impressionante do goleiro adversário. Ramires foi mais um a aparecer na frente do goleiro uruguaio e parar em uma intervenção importante.

Após o início promissor do Bahia, o Vasco conseguiu equilibrar as ações da partida e se revezou com o Tricolor em lances de ataque.

DOUGLAS EXPULSO E GOL DO VASCO

Aos 30 minutos, Douglas foi surpreendido ao se deparar com Andrés Rios livre de marcação perto da grande área. Tentou acertar a bola, mas acabou por derrubar o atacante vascaíno. Pênalti e cartão vermelho assinalados pelo árbitro Leandro Pedro Vuaden. Yago Pikachu foi para a cobrança e converteu, abrindo o placar.

Com um jogador a menos e em desvantagem no placar, o Esquadrão manteve sua organização tática e seguiu buscando o ataque da mesma forma, especialmente em jogadas de velocidade pelos lados do campo.

EMPATE TRICOLOR

Em um lance de contra-ataque antes do intervalo, o Bahia empatou o jogo. Élber avançou em velocidade pela direita e tocou para Gilberto, na esquerda. Sozinho entre defensores vascaínos, o atacante chutou de fora da área e contou com o desvio em um zagueiro para comemorar mais um gol e levar o empate para o vestiário.

SEGUNDO TEMPO

Já na segunda etapa, o ritmo acelerado das duas equipes foi mantido, com lances de velocidade para os dois lados. Mandante e com um a mais em campo, o Vasco tentava assumir o controle do jogo, finalizando com perigo em duas oportunidades nos cinco minutos iniciais. No segundo lance, o goleiro Fernando fez uma defesa importante mandando a bola para escanteio.

Buscando encontrar espaço para armar contra-ataques, o Bahia apostava na agilidade de Ramires pelo lado esquerdo e Élber pelo flanco direito, com Gilberto sendo o finalizador das jogadas no centro da área. No setor defensivo, conseguia impedir que o Vasco chegasse com frequência à grande área.

Mas, aos 33 minutos, o Vasco chegou ao segundo e decisivo gol. Após jogada criada pelo lado direito, a bola foi cruzada para o centro da área, para a cabeçada do meio-campista Marrony, subindo mais do que Nino e cabecendo para definir o resultado de 2 a 1.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.