é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Sulamericana

Publicada em 24 de outubro de 2018 às 23h41

Bahia tem gols anulados pelo VAR e perde para o Atlético em casa

Esquadrão foi derrotado por 1 a 0 na partida de ida das quartas de finais da Sul-americana

Victor de Freitas

2018-10-25-00-32_capabahiaxcap
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Na noite desta quarta-feira (24), o Bahia encarou o Atlético Paranaense em jogo de ida das quartas de finais da Copa Sul-americana. Mas, o placar final foi de derrota por 1 a 0.

Com o revés sofrido em casa, o Bahia vai precisar virar o placar agregado do confronto na grama sintética da Arena da Baixada, na próxima quarta-feira (31). Para se classifiacr diretamente, o Tricolor precisa vencer por pelo menos 2 a 1. Um triunfo por 1 a 0 levará a decisão aos pênaltis.

O JOGO

O primeiro tempo foi marcado por equilíbrio na pose de bola, mas com o Bahia tendo maior controle das ações ofensivas, inclusive tendo um gol anulado aos 22 minutos.

Após bate e rebate dentro grande área, a bola sobrou no ar para Clayton, que esticou a perna e finalizou para o fundo das redes. Após alguns minutos de verificação no VAR, a arbitragem argentina anulou o gol e assinalou falta de ataque.

Sem quatro titulares - Élber, Gilberto, Nilton e Léo - o Bahia tinha um ataque bastante diferente do que vinha atuando nos últimos jogos. Clayton, pelo lado esquerdo, era o jogador mais acionado nos contra-ataques e nas tentativas de gol. No centro, Edigar Junio batalhava contra defensores em busca de espaço.

Aos 40 minutos, Gregore recebeu bola na intermediária, invadiu a defesa atleticana como um "homem surpresa" e chegou até a linha da grande área, mas acabou por finalizar para fora.

A melhor chance do Atlético no primeiro aconteceu somente aos 44 minutos, fazendo o goleiro Douglas trabalhar em finalização feita pelo volante Lucho González.

SEGUNDO TEMPO

Já no segundo tempo, o Esquadrão voltou a campo com uma postura ofensiva e que lhe rendeu mais um gol logo no primeiro minuto. Porém, mais uma vez anulado por interferência do árbitro de vídeo.

Nino Paraíba arriscou chute de fora da área e Ramires saiu de trás para completar a jogada e chutar para o fundo das redes. O árbitro de vídeo assinalou impedimento e, desta vez, o juiz principal optou por não olhar o lance.

Em busca de abrir o placar, o Tricolor chegou com perigo novamente aos sete minutos. Após cobrança de falta na grande área, o volante Elton subiu mais do que os defensores do time atleticano e cabeceou no canto direito do goleiro Santos, que defendeu quase em cima da linha.

Vivendo uma noite inspirada, Santos evitou o gol do Esquadrão em lances seguidos aos 20 minutos. Na primeira jogada, Zé Rafael dividiu bola com o lateral Jonathan, que acabou tocando contra seu próprio patrimônio - mas o goleiro salvou e mandou para fora. No escanteio, Ramires cruzou para a forte cabeçada de Lucas Fonseca, mais uma vez defendido pelo arqueiro rival.

Depois de chegar perto de abrir o placar, o Bahia acabou vendo o Atlético sair na frente. Aos 22 minutos, Pablo recebeu passa em profundidade pelo lado esquerdo da defesa tricolor e finalizou forte, sem dar chances a Douglas.

Atrás no marcador, o técnico Enderson Moreira tentou encontrar alternativas ofensivas para o time, mandando a campo Júnior Brumado e Vinícius, respectivamente nos lugares de Edigar Junio e Elton. Eles se juntaram a Marco Antônio, que também havia entrado em campo, como forma de conseguir um resultado melhor.

Mesmo com as modificações ofensivas, o Bahia seguiu demonstrando nervosismo desde o gol sofrido. Com isso, passou a encontrar dificuldades para trocar passes e tramar seus lances de perigo. Apenas aos 43 minutos, o Tricolor voltou a chutar efetivamente à meta adversário - Vinícius chutou de fora da área, mas viu a bola passar sobre o travessão.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.