é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Historico

Publicada em 11 de outubro de 2017 às 13h55

Bahia tem invencibilidade de quatro jogos contra o Palmeiras em SP

Tricolor defende invencibilidade de 16 anos sem perder para o adversário jogando fora de casa

Victor de Freitas

2017-06-18-17-59_Capabahiaxpalmeiras
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

O retrospecto de jogos entre Bahia e Palmeiras tem deixado dados estatísticos bastante peculiares para historiadores e analistas. O Esquadrão possui um longo jejum sem vencer o adversário em casa. Por outro lado, conta com um tabu ao seu favor atuando em São Paulo contra o time alviverde.

O Tricolor não bate o Palmeiras, em Salvador, desde o ano do bicampeonato brasileiro, em 1988, quando Pereira garantiu o triunfo por 1 a 0. Desde então, o Esquadrão ainda não voltou a vencer o time palmeirense em Salvador. São 12 jogos de jejum.

Já fora de casa, o Tricolor não perde para o Palmeiras há 16 anos - ou quatro partidas. O último revés sofrido em São Paulo aconteceu em 2001. Porém, de lá para cá, houve mais quatro jogos envolvendo o Esquadrão e o Palestra em solo paulistano, com dois triunfos e dois empates.

O número baixo de jogos é explicado pelo longo período em que os times ficaram sem se enfrentar em jogos oficiais - de 2002 a 2011.

Relembre os jogos:

03/08/2014 – Palmeiras 1×1 Bahia – Pacaembu, São Paulo-SP
Bahia – Marcelo Lomba, Roniery, Demerson, Titi e Pará; Fahel (Feijão), Rafael Miranda e Uelliton; Marcos Aurélio (Henrique), Rhayner e Kieza (Emanuel Biancucchi).
Técnico – Charles Fabian
Gols – Henrique (15’ do 2º tempo) e Kieza (17’ do 2º).

26/07/2012 – Palmeiras 0x2 Bahia – Arena Barueri, Barueri-SP
Bahia – Marcelo Lomba, Gil (Diones), Danny Morais, Titi e Hélder; Fahel, Fabinho, Kleberson (Magno) e Zé Roberto; Ciro (Lulinha) e Souza.
Técnico – Caio Júnior
Gols – Souza (22′ e 35′ do 2° tempo).

18/08/2011 – Palmeiras 1×1 Bahia – Canindé, São Paulo-SP
Bahia – Marcelo Lomba, Marcos, Titi, Paulo Miranda e Ávine; Marcone, Fahel, Diones (Jones) e Carlos Alberto (Ricardinho); Jóbson e Júnior (Reinaldo). Técnico – René Simões
Gols – Valdívia (8’ do 2º tempo) e Titi (21’ do 2º).

14/09/2002 – Palmeiras 1×2 Bahia – Parque Antártica, São Paulo-SP
Bahia – Émerson, Carlinhos, Marcelo Souza (Accioly) e Valdomiro; Daniel Alves, Ramos, Bebeto Campos, Gil Baiano e Calisto; Geraldo e Nonato (Kena). Técnico – Candinho
Gols – Gil Baiano (14′ do 1º tempo), Alexandre (26′ do 2º), Geraldo (43′ do 2º).

 

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.