é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Nordestão

Publicada em 29 de março de 2018 às 23h38

Bahia vence fora de casa e avança como líder na Copa do Nordeste

Tricolor conquistou a liderança do grupo C após seis rodadas; Botafogo-PB é o vice-líder

Victor de Freitas

2018-03-29-23-15_capaedigarjunio7
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

Com um triunfo por 2 a 0, o Bahia está garantido na fase de quartas de finais da Copa do Nordeste. O Tricolor bateu o Botafogo, na Paraíba, e também se firmou como líder da chave.

O triunfo garante o Esquadrão de Aço como líder do grupo C, com 12 pontos conquistados. Na próxima fase, o Tricolor conhecerá seu adversário após sorteio marcado para segunda-feira (02). Os adversários podem ser: CRB, ABC, Sampaio Corrêa ou até mesmo o Botafogo-PB.

O JOGO

O primeiro tempo foi marcado por equilíbrio na posse de bola e truncado no meio-campo. Jogando pelo triunfo, o Esquadrão buscava atacar pelos lados do campo e foi por lá que conseguiu sair na frente antes do intervalo.

As primeiras jogadas de perigo foram criadas nos primeiros minutos. Aos nove, Edigar Junio acertou um forte chute para defesa de Saulo. Mas o assistente já havia marcado impedimento - assinalado de forma indevida.

Pelo lado do Botafogo, a primeira chegada ao ataque aconteceu aos 11 minutos, o ex-tricolor Marcos Aurélio cruzou bola na área, em cobrança de falta. O volante Elton tentou cortar e acabou cabeceando para trás. Passou perto da trave.

O placar foi aberto aos 26 minutos. Zé Rafael foi derrubado na grande área, após jogada de Nino pela direita. A arbitragem assinalou pênalti, que foi cobrado e convertido por Edigar Junio.

Aos 40 minutos, em mais um avanço de Nino pelo lado direito, a bola foi cruzada rasteira para a área. Edigar não acertou o chute, mas o jovem Marco Antônio dominou e chutou forte. Sem chances para o goleiro adversário.

Já no segundo tempo, o Esquadrão tinha a vantagem de dois gols no placar e também na posse de bola, conseguindo trocar passes e chegar ao ataque. Aos 13 minutos, o Tricolor até conseguiu balançar as redes - mas desta vez em posição irregular.

A primeira grande oportunidade de gol da segunda etapa aconteceu aos 25 minutos. Edigar Junio tentou encobrir o goleiro, após passes de Vinícius, e errou o alvo. No rebote, Zé Rafael tentou completar, mas não chegou no momento exato.

Com o placar praticamente garantido, Guto aproveitou para fazer testes pensando no Ba-Vi. Allione, Júnior Brumado e Régis após o meio do segundo tempo.

Aos 40 minutos, Régis teve a última chance do jogo - e quase fechou o placar de forma brilhante. O camisa 20 tentou um chute por cobertura, da entrada da grande área, mas a bola acertou o travessão.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.