é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Brasileiro

Publicada em 06 de agosto de 2017 às 17h56

Bahia volta a vencer na Fonte Nova e se afasta do Z-4

Tricolor encerra má fase em casa, mantém

Victor de Freitas

2017-08-06-17-25_capamendozagol
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

O Esquadrão voltou a vencer na Fonte Nova. Na tarde deste domingo, o Bahia voltou a campo, em jogo válido pela 19ª rodada do Brasileirão, e venceu o São Paulo por 2 a 1.

Com o resultado conquistado, o Tricolor volta a vencer em casa após cinco jogos sem triunfar como mandante. Além de quebrar o jejum, o time sobe para a 13ª posição, com 23 pontos.

O JOGO

O Bahia entrou em campo pressionado por estar três jogos sem vencer no Brasileiro e, principalmente, por não ter vencido nenhum dos últimos cinco jogos como mandante na temporada.

No primeiro tempo, foi o São Paulo quem conseguiu ter a posse de bola por mais tempo, porém o Bahia conseguiu colocar mais bolas no fundo das redes

A primeira finalização perigosa da partida aconteceu aos seis minutos, em chute de Marcinho, levando perigo para Jean. Já o Bahia respondeu aos 15 minutos, em chute rasteiro de Zé Rafael, fazendo o goleiro Renan Ribeiro trabalhar pela primeira vez.

Outro momento perigo do time são-paulino aconteceu aos 32 minutos, quando Cueva invadiu a área tricolor livre de marcação e chutou colocado, mas a bola apenas passou ao lado do gol de Jean.

GOLS NO FIM DO PRIMEIRO TEMPO

A reta final do primeiro tempo foi agitada. Aos 40 minutos, Régis recebeu assistência "açucarada" do centroavante Rodrigão e concluiu para marcar seu primeiro gol no Brasileirão e colocar o Bahia na frente.

Aos 43 minutos, Rodrigão recuperou bola na intermediária e deu início ao ataque fulminante do Esquadrão. Régis progrediu em direção à grande área e tocou para Mendoza "apenas" ter o trabalho de empurrar para as redes.

Porém, aos 45 minutos, o São Paulo conseguiu balançar as redes em cobrança de pênalti convertida por Hernanes, após Jean derrubar Lucas Pratto dentro da grande área.

SEGUNDO TEMPO

Já na segunda etapa, o Bahia voltou com o objetivo de administrar seu resultado e garantir três pontos em casa. Por outro lado, o São Paulo retornou a campo com uma postura ofensiva e buscando desesperadamente o gol de empate.

Tal como aconteceu no primeiro tempo, o começo de jogo teve o São Paulo com o controle da posse da bola. Porém, a defesa do Bahia conseguia suportar a pressão são-paulina, mantendo a bola longe da área e evitando que o adversário finalizasse com perigo.

Aos 15 minutos, Rodrigão recebeu passe em profundidade, mas seu chute saiu fraco e parou nas mãos do goleiro. Já o São Paulo levou perigo, pela primeira vez no segundo tempo, aos 23 minutos, em cobrança de falta feita por Hernanes.

No restante da partida, o time paulista já se mostrava exausto após investidas sem sucesso. Nos minutos finais, o Bahia foi quem chegou perto de marcar o terceiro gol, porém não conseguiu definir contra-ataques puxados por Mendoza e Juninho. Desta forma o Esquadrão conquistou mais três pontos.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.