é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Marketing

Publicada em 20 de agosto de 2018 às 16h51

Caso Esporte Interativo: Santos vai pedir rescisão do contrato

Bahia segue sem acordo para TV aberta e PPV

Da Redação

O final dos canais Esporte Interativo trouxe muitas incertezas para os clubes que tem contrato vigente com o grupo que praticamente foi extinto por sua proprietária, AT&T. Por conta disso, a direção do Bahia já deixou clara a intenção de romper o contrato assinado em 2016, buscando os melhores interesses do Esquadrão e de seus parceiros comerciais.

Nesta segunda, foi a vez do presidente do Santos se posicionar a respeito do acordo firmado com o canal de TV fechada. Em entrevista ao portal UOL, José Carlos Peres, deixou clara sua insatisfação com o acordo firmado pela gestão anterior e alega que no modelo previsto o clube já teria um prejuízo calculado de R$70 milhões.

Agora, com o fim do EI, Peres buscará uma reaproximação com a Globo, que teria proposto ao time paulista assinar novo contrato para TV fechada, aberta e pay-per-view(PPV) sem aplicar o redutor imposto por ela mesma aos clubes que tinham firmado acordo com o canal americano.

Segundo o santista, os demais clubes da série A que hoje estão assinados com o finado EI seguirão o mesmo caminho de rescisão e assinatura com a Globo. São eles: Bahia, Atlético-PR, Ceará, Internacional, Palmeiras e Paraná, além do Coritiba atualmente na segunda divisão. Existe a expectativa que esses clubes se reúnam em breve para tratar desse acordo com a emissora carioca, contudo, não há previsão de datas.

Para a temporada 2019, o Bahia possui contrato firmado com o EI para TV fechada. TV aberta e PPV, onde a globo reina sozinha, ainda não há nada acertado. Em entrevistas recentes, o presidente tricolor afirmou que não tinha pressa em assinar o acordo uma vez que a data limite ainda é em setembro.  

Tentamos contato com o vice-presidente do Esquadrão, Vitor Ferraz, mas até o fechamento da matéria não conseguimos saber se o redutor de 20% ainda será aplicado em um eventual contrato com a Globo.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.