ecbahia.com

é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 26 de janeiro de 2018 às 16h49

Com jogadores poupados, Guto esconde time para enfrentar o Flu

"Amanhã saberemos", diz treinador sobre possível estreia de Kayke

Victor de Freitas

2018-01-26-16-41_capagutoferreira10
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

Neste sábado, o Bahia vai entrar em campo pela quarta vez em 2018. O jogo será contra o Fluminense de Feira e válido pela terceira rodada do Campeonato Baiano. Em uma sequência de quatro partidas em um curto período, a expectativa fica para saber com qual time o técnico Guto Ferreira vai entrar em campo.

Uma das expectativas para o jogo deste sábado fica pela provável estreia do centroavante Kayke, que treinou como titular na quinta-feira. Nesta sexta-feira, Guto promoveu um treino fechado e não deu pistas sobre a escalação que mandará a campo.

"É possível (que Kayke estreie). Amanhã às 17h vamos saber. Estamos dentro de um processo de busca do melhor momento da equipe, melhor qualificação física, técnica, tática. E para isso, para trabalhar com o calendário do jeito que está, precisamos ter revezamento. Ele já está em um patamar próximo de uma condição de estar dentro de campo. Aí é aguardar", disse o técnico.

Com vários jogadores poupados, o técnico volta a citar o pouco tempo de descanso e de trabalho como fatores para rodar o elenco no início da temporada.

"Essa partida entraremos em campo com 60 horas (de intervalo desde o jogo de quarta). O ideal para chegar zerado seria seria 72 horas, mas a gente chega para o jogo sempre negativo. A partir de 72 horas começa a encher o tanque. O trabalho deixa de ser com intensidade que a gente necessita e passa a ser informativo, trabalho com didática diferente do que a gente costuma ter quando tem tempo de trabalhar, quando visa qualificação do aspecto físico junto com a informação. A gente procura repetir o que acontece no jogo. Quando trabalha a parte da informação, esse ritmo, essa intensidade, não acontece. Vai ter informação, saber o que fazer, mas não tem a noção do encaixe e da velocidade, se vai dar tudo certo", explicou.

Guto também comentou sobre o gramado do Pituaçu, onde o Esquadrão não atua desde o mês de julho.

"Vamos sentir primeiro. O gramado está espetacular, muito bom a nível de visão daqui de fora. Sempre foi um gramado muito bom. Ano passado, em que pese a dificuldade dos shows que tinham aqui, o gramado ainda assim mantinha certa qualidade. A gente espera que amanhã isso possa jogar a nosso favor. A gente sabe que a equipe do Fluminense foi bem montada, o Evandro procurou pinçar dentro do interior de Pernambuco, dentro do interior da Bahia, jogadores de qualidade, jogadores dentro do perfil do Fluminense, interessantes, jogadores experientes. Acredito, pelo menos em termos de nomes, ter montado uma boa equipe. Temos que fazer um grande jogo e superar como a gente conseguiu superar a equipe que, na minha concepção, jogou o melhor futebol dos três jogos, que foi o Jacuipense", finalizou.

O Bahia encara o Flu de Feira às 17h deste sábado.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.