é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Mercado

Publicada em 04 de outubro de 2017 às 06h30

Confira quem são os técnicos disponíveis no mercado

Cristóvão Borges e Milton Mendes encabeçam a lista de possível novo técnico do Bahia

Victor de Freitas

2017-10-04-09-07_capacristovaoborgesvasco
Fonte: Divulgação/Vasco

Sem agradar após dois meses no comando do Bahia, Preto Casagrande foi demitido do cargo de técnico do Esquadrão. Com isso, a direção tricolor está de volta ao mercado em busca de uma nova opção para salvar o time de situação incômoda na tabela do Brasileirão.

Atualmente, o mercado conta com uma série de treinadores desempregados, seguindo a "tradição" de demissões na maioria dos clubes no futebol brasileiro a cada rodada do campeonato. Entretanto, são poucos os nomes de relevância e que poderiam realizar um trabalho de sucesso com o Bahia no restante desta Série A.

 

Cristóvão Borges

Sem clube desde que foi demitido do comando do Vasco, em março deste ano, Cristóvão Borges tem sido cotado para assumir o Bahia desde o início da semana, apesar de nenhuma das partes afirmar ter tido alguma conversa. O técnico de 58 anos foi o último a conseguir dirigir o Esquadrão por 38 rodadas de um Brasileirão, em 2013. Em seu currículo, também há passagens por Vasco, Flamengo, Fluminense e Corinthians.

Ricardo Gomes

Também desempregado desde o final da temporada 2016, após sair do São Paulo, Ricardo Gomes esteve próximo de um acerto com o rival Vitória neste ano. Com 52 anos, dirigiu times como Flamengo, Fluminense, Vasco e Botafogo, mas ainda não trabalhou em 2017.

Paulo César Carpegianni

Atualmente, Paulo César Carpegianni é um dos técnicos mais experientes no mercado do futebol brasileiro. Treinou grandes equipes do país, mas também conta com duas passagens pelo rival tricolor, em 2009 e 2012. Em ambas as oportunidades, acabou sendo demitido antes do fim do ano. Em 2016, salvou o Coritiba do rebaixamento, mas neste ano foi demitido no Estadual. Seu estilo de jogo preza pela ofensividade e jogo coletivo.

Fernando Diniz

Com uma passagem de sucesso pelo Osasco Audax, em 2016, Fernando Diniz passou a ser cotado em vários times após demissões de seus treinadores. No Bahia, não é diferente. A filosofia de troca de passes, com padrão tático bem desenhado em campo, agrada diversos torcedores.

Outros técnicos desempregados:

Gilson Kleina
Ney Franco
Argel Fucks
Lisca
Rogério Micale
Adílson Batista
Roger Machado e Milton Mendes - já anunciaram que não treinam mais em 2017

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.