é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 01 de novembro de 2018 às 00h55

'De cabeça erguida', Nilton valoriza empenho do Bahia na Sul-americana

Volante destaca espírito de luta da equipe apesar da eliminação

Victor de Freitas

2018-11-01-02-05_capanilton23
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Bahia deixou a disputa da Copa Sul-americana na noite desta última quarta-feira (31), após vencer o Atlético-PR no tempo regulamentar, mas acabar sendo eliminado nas penalidades.

Para o volante Nilton, um dos mais experientes do elenco tricolor, a eliminação é ainda mais dolorida devido ao empenho que todo o time demonstrou durante os dois jogos, especialmente na partida disputada na Arena da Baixada, onde o Esquadrão conseguiu o triunfo que levou a decisão aos pênaltis.

"Pelo que estamos apresentando desde o início da temporada, uma sequência absurda, jogadores se entregando... Primeiro jogo tem nem o que dizer. Parabenizar o espírito de luta que houve. Os nossos torcedores incentivaram. Sabíamos da invencibilidade do Atlético e viemos para encurralar eles. Colocamos, acima de tudo, essa união que temos em campo e conseguimos neutralizar eles aqui, terminar com 1 a 0. Só erra quem bate. É parabenizar. Podemos sair de cabeça erguida", afirmou o jogador.

Nilton também lamentou os erros de arbitragem que tiraram três gols do Bahia nos jogos de ida e volta, sendo dois por influência do VAR na Fonte Nova e uma falta mal marcada que tirou mais uma bola na rede tricolor no Paraná. Para o volante, o time precisou trabalhar ainda mais a parte psicológica por estas razões.

"Com toda honestidade, não faltou nada. Ficou tudo em campo. Ficou coração, até a última gota de suor. Não formamos colegas, formamos uma família. Essa entrega lá dentro, esa honestidade um com o outro, não é por acaso. Fica um gostinho de ter conseguido um pouco mais, mas futebol é isso. Fizemos três, quatro gols, foram anulados, tivemos oportunidade aqui e anularam. É um trabalho psicológico absurdo", disse.

Com a eliminação na Sul-americana, o Tricolor volta todas as suas atenções para o Brasileirão, restando sete rodadas para o fim da temporada. O próximo desafio será contra a Chapecoense, na Fonte Nova, neste domingo (04).

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.