é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Brasileiro

Publicada em 14 de maio de 2017 às 11h20

De volta à elite, Bahia estreia contra o Atlético-PR na Fonte

Esquadrão mira primeiro triunfo dentro de casa em sua volta à primeira divisão

Victor de Freitas

2017-05-14-11-10_capabahiagol5
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

Após dois anos na Série B, o Bahia está de volta à elite do futebol brasileiro, de onde não deveria ter saído. Sua partida de abertura na edição de 2017 do Brasileirão será contra o Atlético Paranaense, na Fonte Nova.

O Bahia inicia sua campanha na Série A com a equipe titular completa, apesar do duelo de ida da final da Copa do Nordeste marcado para acontece quarta-feira, em Recife. Da mesma forma, o Atlético Paranaense também vem a Salvador com o pensamento em outra disputa no meio da semana, a Libertadores.

Apesar de fazer mistério durante toda a semana, o técnico Guto Ferreira deve mandar a campo um time sem surpresas. A única mudança em relação ao time da final estadual será a entrada de Matheus Reis no lugar de Armero, ausente por lesão. Régis, que era dúvida para o jogo, foi relacionado e deve jogar.

ADVERSÁRIO

Com o foco maior na disputa da Libertadores, competição na qual se encontra em má situação, o Atlético vem para a Fonte Nova com uma equipe considerada mista. A zaga, por exemplo, será composta por dois reservas (Cleberson e Marcão). A equipe também conta com desfalques de lesionados, como os atacantes Felipe Gedoz e Pablo.

O time conta com o ex-tricolor Nikão em seu elenco. Já o destaque da equipe é o veterano centroavante Eduardo da Silva.

RETROSPECTO

O Tricolor possui retrospecto negativo diante do time paranaense, contando todos os jogos oficiais e amistosos. Em 31 jogos disputados entre as equipes, foram apenas 8 triunfos para o Bahia, enquanto o CAP venceu 13 vezes. Houve ainda 10 empates.

ÚLTIMOS JOGOS CONTRA O CAP

Bahia e Atlético-PR se enfrentaram pela última vez no Brasileirão de 2014, com um empate no Paraná e uma derrota sofrida na Fonte Nova. No jogo disputado no dia 22 de novembro daquele ano, a equipe atleticana venceu por 2 a 1.

Lucas Fonseca é o único remanescente do último jogo contra o Atlético-PR. O defensor formava dupla de zaga com Titi, em 2014.

O time tricolor jogou com o seguinte time: Marcelo Lomba; Railan, Titi, Lucas Fonseca e Pará; Fahel, Bruno Paulista, Rafael Miranda; Rafael Galhardo, Guilherme Santos e Henrique Almeida. Técnico: Charles Fabian.

FONTE NOVA

Desde o ano passado, o Bahia tem feito da Arena Fonte Nova uma fortaleza, ao vencer todos os jogos do segundo turno da Série B como mandante. Em 2017, o aproveitamento de pontos ganhos é de 86%. Já foram 12 jogos disputados, com dez triunfos, um empate e um revés.

                   2017-05-12-18-22_camisateaserumbro_1
                                                                  Fonte: Divulgação/Umbro Brasil

DIA DE BAHÊA E LANÇAMENTO DOS UNIFORMES

Além da estreia tricolor no Brasileirão, a tarde na Fonte Nova será repleta de atrações. Com os portões a serem abertos a partir das 13h30, haverá o evento chamado de "Dia de Bahêa", com a presença da Fanfarra Tricolor, ídolos do clube, as taças de 59 e 88, mascote, tricolíderes, TV Bahêa, food truck e atividades para o público infantil. O clube também vai promover o lançamento dos novos uniformes do Bahia para 2017 e vai estrear com um deles.

A bola vai rolar às 16h.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.