é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 01 de agosto de 2017 às 14h53

Diretoria admite cautela para não repetir erro com treinador

Presidente quer diminuir chance de erro na escolha do próximo técnico

Victor de Freitas

2017-01-04-16-13_CapaMarceloSantanacoletiva
Fonte: Divulgação/ECBahia

O Bahia demitiu Jorginho nesta última segunda-feira (31) e terá Preto Casagrande como técnico interino no jogo desta quarta (02), contra a Chapecoense. Sem um técnico efetivo, a direção tricolor trabalha para buscar um novo nome para ocupar o cargo.

No entanto, diferentemente da rápida reposição após a saída de Guto Ferreira, ideia da direção, desta vez, é de deixar a pressa de lado e ter critério na contratação do sucessor de Jorginho para que o erro não seja repetido.

"Nesse momento a gente não pode ter pressa para trazer um substituto. Na saída do Guto, trouxemos o Jorginho com uma agilidade muito grande e eu acredito que temos que ter a atenção redobrada. O Jorginho fez um trabalho de apenas dois meses, não é isso que a diretoria pretende, mas a gente precisa ter em mente os interesses do Bahia, o desempenho nas competições. Estamos com o Preto nessa partida contra a Chapecoense e vamos trabalhar com muita calma, pensar no jogo do São Paulo depois. É um confronto direto dentro do Campeonato Brasileiro. O clube não pode se equivocar na escolha do profissional", explicou Marcelo Sant'Ana, ao Programa do Esquadrão.

Com Preto, o Bahia encara a Chapecoense às 19h30 desta quarta-feira, em Chapecó.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.