ecbahia.com

é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 12 de julho de 2018 às 18h41

Edigar garante que Bahia tem condições de vencer o Vasco no Rio

Feliz por voltar aos gramados, atacante quer triunfo em São Januário

Victor de Freitas

2018-07-12-17-46_capaedigarjunio22
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Bahia está se preparando para visitar o Vasco no Rio de Janeiro. Apesar do mau desempenho visto nos últimos jogos, o objetivo é de vencer o Vasco no Rio de Janeiro. É o que afirma o atacante Edigar Junio.

Para o camisa 11 tricolor, a partida tende a ter um alto nível de dificuldade. Porém, ele e o elenco possuem confiança em voltar a Slavador com um triunfo.

"A gente sabe que não será um jogo fácil. Eles vêm muito forte, acreditam nessa virada. Mas a gente sabe que tem totais condições de chegar lá e vencer. Por que não? Temos que ter os pés no chão. Vejo como vantagem boa, vantagem grande, mas não podemos nos apegar a isso. Temos que fazer gol. Vamos nos focar nos treinos, melhorar, para chegar lá da melhor maneira possível e aí sim sacramentar nossa classificação", afirmou o atacante, entrevistado do dia no Fazendão.

Após um longo período de ausência, por conta de lesão muscular, Edigar Junio voltou a atuar na partida de volta da final do Nordestão. Ele agora busca recuperar sua melhor forma física para voltar a sua melhor forma e ajudar o Bahia, seja com gols ou ajudando seus companheiros a balançarem as redes.

"Me sinto feliz de voltar a jogar. Tanto tempo que venho tentando ajudar meus companheiros. Tentava treinar, pelo menos, e não estava conseguindo. Graças a Deus, dei esse passo de poder voltar a fazer o que mais gosto. Em relação ao preparo físico, preciso pegar mais alguns treinos, pegar mais força, para poder estar do jeito que me sinto bem. (...) Como sempre digo, quero sempre contribuir com o Bahia, seja com passe, seja ajudando na marcação, com gols. Prefiro que o Bahia se classifique do que eu faça um gol. O mais importante é o Bahia crescer, que o Bahia esteja lá em cima do que cada jogador do elenco. Pode esperar que vamos nos empenhar ao máximo para que o Bahia cresça", analisou.

Edigar também falou sobre a falta de gols do time nas últimas partidas - apenas dois nos últimos cinco duelos.

"Acho que a gente tem um elenco muito qualificado, podemos suprir em todas as posições. Mas teve um período que os três de características de centroavante ficaram no DM. Não posso dizer que foi a nossa falta que fez com que o time não fizesse esses gols. O Élber é jogador de lado e fez gol contra o Ceará. O Vinícius é meia e tem bastante gol, Zé Rafael é outro meia. Não pode atribuir à ausência de centroavante, ao 9, como sendo o único responsável pela falta de gols. Como falei, a gente tem que utilizar todo mundo do elenco, cada um em sua função para poder fazer o Bahia grande", disse.

Edigar Junio tem oito gols marcados em 2018, atrás apenas de Zé Rafael e Vinícius, que marcaram nove vezes, e ocupam a primeira posição na artilharia do Bahia nesta temporada.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.