é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 07 de setembro de 2017 às 17h59

Edigar Junio quer retomar titularidade em sua posição de origem

Após atuar como centroavante, Edigar quer buscar vaga como atacante pelos lados

Victor de Freitas

2017-09-07-17-44_capaedigarjuniocoletiva00
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

Após dois meses e meio longe dos gramados, por conta de lesão, o atacante Edigar Junio será um dos três reforços de Preto Casagrande para a partida desta segunda-feira, contra o Atlético Goianiense.

Recuperado de contusão, o atacante admitiu estar fora de ritmo de jogo, mas garantiu ansiedade para voltar a atuar com a camisa tricolor.

“A gente sabe que, quando você para, perde muito do ritmo, ainda mais se tratando do Brasileiro. Mas venho trabalhando firme, evoluindo a cada dia. Espero que, nesse próximo jogo, se tiver oportunidade, venha a fazer uma boa apresentação”, comentou o atacante, em entrevista coletiva nesta quinta-feira.

Antes de sofrer lesão, no mês de junho, Edigar Junio vinha se destacando como centroavante, por conta da ausência de Hernane. Mas, agora com dois atacantes centrais à disposição, Edigar quer retomar sua titularidade como ponta, sua posição de origem.

“Procuro sempre estar ajudando o Bahia de algum jeito. Todo mundo quer sempre estar jogando. Eu consegui me adaptar bem como centroavante, mas minha posição de origem sempre foi jogando nas pontas. Venho trabalhando para ter esse condicionamento, voltar a ter esse condicionamento de subir e voltar para atacar. Estou voltando agora para jogar na minha posição de origem”, disse o jogador.

Na segunda-feira, o Bahia jogará contra o Atlético em Goiânia. Para Edigar Junio, a partida será especial porque contará com a presença de sua família no estádio.

“Ainda mais se tratando de Goiânia, porque sou natural de Brasília. Sempre que jogo lá, minha família comparece. É um lugar especial, onde já fiz gols. Mas estou interessado mais no triunfo do Bahia, independente de quem jogar, de quem fizer os gols. Espero que a gente saia de lá com uma grande apresentação e traga os três pontos”, disse.

Antes de se lesionar, Edigar Junio já havia disputado 24 partidas pelo Bahia em 2017, marcando cinco gols. Seu último jogo aconteceu no dia 25 de junho, pela 10ª rodada.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.