ecbahia.com

é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 01 de maio de 2018 às 18h29

Élber celebra volta ao time e cita expectativa por primeiro gol

Ainda sem gol pelo Bahia, Élber afirma: 'Primeiro penso no coletivo'

Victor de Freitas

2018-05-01-18-13_capaelber9
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

O atacante Élber retornou ao time titular nas duas últimas partidas, após um período sem nem mesmo entrar como reserva nos jogos do Bahia. De volta à equipe, ele ainda segue perseguindo seu primeiro gol com a camisa tricolor.

Contratado pelo Bahia em janeiro, com um vínculo de três anos, Élber já disputou 16 partidas. Porém, ainda segue em branco no quesito gols. Apesar de viver um "jejum" pelo Esquadrão, ele admite ansiedade, mas também garante não sentir pressão para balançar as redes.

"Eu estou feliz por novamente estar jogando e contribuindo com a equipe. Estou me sentindo bem, fisicamente muito bem. A ansiedade pelo gol existe, mas não pode influenciar pelo que faço em campo. Penso primeiro em melhorar o coletivo. Na hora certa, no momento certo, o gol vai sair naturalmente", disse o jogador.

Contra o Atlético-PR, Élber teve três das 23 finalizações do Bahia na partida. Nas três ocasiões, ele foi parado por boas defesas do goleiro Santos. Mais uma vez sem gol, ele revela ser "pressionado" em casa, mas pelo seu filho.

"Cobrança é maior dentro de casa (risos). Meu filho pequeno fica gritando gol do pai e esse gol não sai. Falo que na hora certa vai sair. Estou tranquilo quanto a isso. Nunca fui um jogador de fazer muitos gols, mas já fiz muito na minha temporada no Sport. A torcida cobra de quem pode fazer. Estou me dedicando ao máximo para que esse gol possa sair. Vai sair no momento certo, hora certa e pode ser o gol de algum título", acrescentou.

Na partida de quinta-feira, é provável que Élber seja mantido como titular pelo terceiro jogo seguido. Ele quer o time focado para vencer mais uma vez o Botafogo-PB.

“Jogamos três vezes contra eles, dois triunfos e uma derrota. Sabemos que é uma equipe qualificada, com jogadores experiência, que rodaram por grandes clubes. Vai ser o jogo mais importante contra eles no ano. Temos que focar para sair com triunfo e classificados”, falou.

Quanto ao jogo em Pituaçu, ele faz elogios ao estádio e ao gramado.

"Eu joguei contra o Bahia no Campeonato Brasileiro, quando estava no Cruzeiro. Acho que em 2012. Joguei, o estádio era muito bom, gramado excelente. Joguei esse ano contra o Fluminense de Feira. Conheço o estádio, gramado e temos totais condições de fazer um grande jogo. Pelo jeito é um estádio que nos traz muita alegria. Espero que na quinta-feira seja outro dia. (...) Estádio de Pituaçu é muito bom, gramado excelente. Nossa equipe tem uma posse de bola muito boa e isso não vai influenciar", finalizou.

O Bahia vai enfrentar o Botafogo-PB, às 21h45 de quinta-feira (03), pela partida de volta das quartas de finais do Nordestão.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.