é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 24 de maio de 2018 às 17h58

Em boa fase, Zé Rafael celebra gols e quer seguir em evolução

Camisa 10 valoriza bom momento, mas afirma foco em conquistar os objetivos do clube

Victor de Freitas

2018-05-24-17-53_capazerafael24
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Depois de triunfo pela Sul-americana, o Bahia já está de volta ao trabalho visando o jogo contra o Vasco, neste domingo (27), pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

Destaque tricolor ao marcar dois gols na goleada por 4 a 0 sobre o Blooming, o meia Zé Rafael foi o escolhido para conceder entrevista coletiva, nesta quinta-feira (24). Um dos artilheiros do Esquadrão no ano, o camisa 10 afirma que tem como prioridade ajudar a alcançar os objetivos coletivos antes de focar nos individuais.

"Acho que não sou a referência assim, né? Lógico que tento dar o meu melhor sempre, ser um jogador o mais regular possível, ajudar a nossa equipe da maneira que posso. E, graças a Deus, venho melhorando muito minhas marcas individuais, e isso é importante para o crescimento do atleta. Lógico que não faço sozinho. Se a equipe estiver bem, outros atletas vão se sobressair naturalmente. Tudo isso depende do momento da equipe. Quando a gente está no mesmo nível, acho que a condição de outro aparecer mais é natural. Tenho a cabeça no lugar, isso fica em segundo plano, e tenho como um dos principais objetivos alcançar os objetivos do clube", comentou o meia tricolor.

Com oito gols em 2018, Zé Rafael já deixou para trás a marca de cinco bolas de 2017 e é um dos artilheiros do Esquadrão na temporada, empatado com Vinícius e Edigar Junio. Em todos os sete jogos que o camisa 10 marcou gols neste ano, o Bahia saiu vencedor. Mais efetivo no ataque, ele espera seguir em evolução.

"Legal essa informação. Eu não sabia. Quando eu marcar gols, vou ficar mais tranquilo, ficar de forma positiva. É continuar trabalhando com os pés no chão e evoluindo", afirmou o camisa 10 do Esquadrão de Aço.

Para o jogo contra o Vasco, Zé convocou mais uma vez a torcida tricolor e destacou a importância de ter a nação apoiando o time durante as partidas.

"Já falei inúmeras vezes que a torcida do Bahia é o nosso 12º jogador. E, no Campeonato Brasileiro, a gente sabe que jogos dentro de casa a gente tem que matar, fazer o nosso dever de casa. Tenho certeza que, com o apoio da nossa torcida, isso fica mais fácil. Espero que nossa torcida compre a nossa ideia, que possa apoiar a nossa equipe e que a gente possa sair dessa situação desconfortável o quanto antes", disse.

Sequência de jogos até a Copa do Mundo:

"A gente sabe que a sequência é longa até a parada da Copa. A gente tem uma sequência grande de jogos. Mas o nosso foco agora é o Brasileiro. A gente tem que pontuar o máximo possível dentro de casa, principalmente. E começar a encaixar os jogos fora de casa, que eu acho que é a única maneira de terminar bem".

Gol em escanteio:

"Tem vários jogos que eu estou esperando sobrar essa bola no escanteio. Não estava acontecendo. Mas tudo tem momento certo para acontecer. Nem sempre elas acontecem. Mas ontem foi uma noite muito feliz para mim, consegui marcar duas vezes, e só posso agradecer a Deus pela oportunidade. Fico feliz por ajudar a equipe e pela classificação".

Comemoração em homenagem ao filho:

"Homenageando o meu filho, que amo tanto. Então acho que juntei o útil ao agradável. Acabei conseguindo deixar até uma marca aí e espero poder comemorar muitos gols dessa forma".

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.