é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Brasileiro

Publicada em 12 de novembro de 2017 às 10h18

Esquadrão busca triunfo para seguir na briga pela Libertadores

Tricolor precisa vencer para se manter firme na luta pelo G-7

Victor de Freitas

2017-08-29-18-11_caparenejuniorgol2
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

Cinco pontos atrás do G-7, o Bahia tem mais um fundamental compromisso para seguir vivo na briga pela Libertadores, neste domingo, contra o Atlético Mineiro.

Com um aproveitamento de 62% em casa, o Esquadrão é o quinto melhor mandante da Série A e tem na Fonte Nova a sua maior fortaleza neste Brasileirão, onde conquistou nove dos seus 12 triunfos na competição.

Por outro lado, todo cuidado é pouco. Se o Bahia é um dos cinco melhores mandantes, o Atlético Mineiro é o terceiro melhor visitante, com 54% de aproveitamento longe de casa. Foram sete triunfos conquistados até então fora de seus domínios. Entretanto, o Galo vem a Salvador com sete desfalques de atletas importantes.

Para o jogo diante do Galo, o técnico Carpegiani deve repetir a escalação que deu certo no segundo tempo contra a Ponte Preta e no jogo diante do Avaí, com Juninho e Allione no meio-campo. Sem Lucas Fonseca, ainda lesionado, Thiago Martins ganha sequência no time titular.

Outro fator que influenciará a favor do Esquadrão é a força da nação tricolor. Até o final da tarde deste último sábado, a parcial de ingressos garantidos divulgada pelo clube já contava com 25 mil torcedores. O objetivo é de quebrar o recorde de público do time na temporada, de 33 mil.

FICHA TÉCNICA
BAHIA X ATLÉTICO-MG

Campeonato Brasileiro – 34ª rodada
Local: Arena Fonte Nova
Data e Hora: 12/11/2017, às 17h (Horário do Nordeste)
Arbitragem: Raphael Claus (FIFA-SP), auxiliado por: Daniel Paulo Ziolli (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)
Transmissão: Premiere e Premiere Play

Bahia: Jean; Eduardo, Tiago, Thiago Martins e Juninho Capixaba; Renê Júnior, Juninho, Allione, Zé Rafael e Mendoza; Edigar Junio. Técnico: Paulo Cézar Carpegiani

Atlético-MG: Victor; Carlos César (Yago), Bremer, Matheus Mancini e Fábio Santos; Yago (Roger Bernardo) e Elias; Otero, Valdívia e Robinho; Rafael Moura. Técnico: Oswaldo de Oliveira

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.