é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 09 de agosto de 2017 às 19h29

Ex-atleticano, Eduardo alerta para perigos do Atlético-PR

Lateral citou pontos fortes do CAP e disse apreciar gramado sintético da Arena da Baixada

Victor de Freitas

2017-08-09-19-25_capaeduardocoletiva02
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

Ausente de apenas uma partida do primeiro turno, o lateral-direito Eduardo será titular novamente no jogo deste domingo (13), contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada. O adversário e o local da partida são bastante familiares para o jogador, que já atuou por duas temporadas no time paranaense.

Eduardo chegou ao Bahia e continua no clube emprestado pelo Atlético-PR - com quem tem contrato até o final de seu empréstimo ao Esquadrão. O jogador comentou sobre os perigos do time atleticano e citou pontos fortes do adversário.

"Joguei lá e tive oportunidade. Clube que tenho carinho, fui campeão. Eles vão nos respeitar muito, estão passando por momento complicado, de treinador. Estão tendo evolução. Teve a saída do Otávio. A zaga deles, a linha de quatro, é muito forte. Thiago Heleno é um dos melhores zagueiros do país. A gente tem que entrar muito concentrado porque o campo é rápido, sintético. Mas vai ser um jogo muito difícil, que a gente não vai encontrar a mesma facilidade do primeiro jogo. Temos que ir para cima, não perder as oportunidades", disse o jogador.

A grama sintética da Arena da Baixada geralmente é motivo de reclamações por parte dos visitantes que atuam contra o Atlético. Mas, segundo Eduardo, o campo não interfere em nada a qualidade do jogo.

"Na minha opinião, é uma verdadeira palhaçada. Recalque dizer que é grama diferente, o quique da bola é diferente. É tudo mentira. O campo é bom, bola rola normal, melhor que muitos campos do Brasil. E o pessoal fica criticando porque é diferente. É um campo normal, gostoso de jogar. A bola rola muito boa. O quique não é diferente. Se fosse pelo campo, o Atlético-PR era campeão nacional", destacou.

Eduardo já atuou em 37 partidas neste ano, sendo 18 no primeiro turno do Campeonato Brasileiro, sendo titular em todos os jogos.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.