é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 30 de maio de 2018 às 12h05

Guto destaca concentração e atitude como fatores para vencer fora

Técnico pede time mais concentrado e com atitude para somar pontos como visitante

Victor de Freitas

2018-05-30-11-57_capagutoferreira46
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Sem pontuar e nem marcar gols em três jogos disputados fora de casa, o Bahia voltará a jogar longe de Salvador nesta quinta-feira (31). O adversário da vez será o Flamengo, líder do Brasileirão, e contra quem o técnico Guto Ferreira aposta em uma mudança de atitude para deixar o posto de pior visitante do campeonato.

"O principal é a concentração e a atitude. Falava com eles ontem justamente a respeito disso. Nos jogos fora de casa, a gente acaba saindo um pouco do foco de concentração. Mesmo que seja em momentos. Contra o Inter, uma bola parada que deixamos bater rápido, acabamos tomando o gol. Depois vem a dificuldade de poder reequilibrar o jogo. A situação do Sport não foi diferente. A situação do Palmeiras também. Tomamos o gol muito cedo, e o segundo gol também num erro de foco, de concentração. Mais do que nunca a gente tem que se manter no nível de concentração os 90 minutos. É do primeiro ao último apito. O único tempo que pode dar uma relaxada é no intervalo, mas assim mesmo tem que estra focado no que tem que corrigir. Esse é o exercício nosso, mais do que qualquer outra coisa", comentou o treinador tricolor.

O Bahia vem de resultados positivos dentro de casa, pela Sul-americana e pelo Brasileirão, ao marcar sete gols e não sofrer nenhum em dois jogos seguidos. Porém, diante do Flamengo, o Esquadrão vai precisar pôr fim à má sequência vivida como visitante no início da Série A.

Para o técnico Guto Ferreira, além de mudar a atitude dentro de campo, os jogadores devem conseguir manter um nível alto de concentratação para que possam repetir a qualidade de atuações feitas dentro de casa. O treinador prega respeito ao Flamengo, mas garante ver sua equipe com condições de atuar de igual para igual no Maracanã.

"Uma situação normal. Em algum momento a gente tem que fazer isso. Respeitamos o time deles. Temos que dar uma situação de respeito e mobilização da melhor maneira possível para que a gente possa, mais do que enfrentar o líder, começar a reverter uma situação que nesse Brasileiro a gente não vem bem, que é jogar fora de casa. Temos que buscar fora de casa fazer o que a gente vem fazendo dentro de casa. Melhorar bastante para que isso possa acontecer", afirmou o técnico.

Em 15º lugar na classificação, o Esquadrão precisa pontuar para não correr riscos de voltar à zona de rebaixamento ao final da oitava rodada.

O Bahia vai visitar o Flamengo às 16 horas desta quinta-feira (31), no Maracanã.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.