é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 06 de maio de 2018 às 21h19

Jogadores citam erros do Bahia em derrota fora de casa

"Tentamos impor nossa proposta de jogo, infelizmente não conseguimos", diz Gregore

Victor de Freitas

2018-05-06-21-14_capasportxbahia22018
Fonte: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

O Bahia sofreu sua segunda derrota em dois jogos fora de casa no Brasileirão 2018. Na noite deste domingo (06), o Tricolor perdeu por 2 a 0, jogando contra o Sport na Ilha do Retiro.

Jogando na casa do adversário, o Bahia pouco conseguiu levar perigo à meta defendida pelo goleiro Maílson. Em contrapartida, cedeu um gol contra no final do primeiro tempo, levou o segundo no início da segunda etapa e ainda contou com o jovem Ítalo expulso com 12 minutos em campo.

Após o jogo, alguns dos jogadores tricolores falaram sobre o revés sofrido na cidade do Recife e citaram as falhas cometidas pela equipe.

Élber:

"Eu acho que começamos bem, conseguimos parar o Sport, tivemos oportunidade de gol, não fizemos. Jogo passado criamos bastante e também não conseguimos concluir a gol. No primeiro tempo a gente não deveria sair perdendo, mas é assim mesmo, quem não faz toma".

Elton:

"Primeiro tempo ali, até uns 25 minutos, a gente estava mandando no jogo. Depois, demos 10, 15 minutos de bobeira. Eles marcaram um gol contra, que mudou tudo. Aí a gente teve que sair mais para o jogo no segundo tempo e acabamos tomando o segundo gol", disse, em entrevista à rádio Metrópole.

Zé Rafael:

"Meio difícil falar nesse momento de derrota. A gente tem que erguer a cabeça e continuar trabalhando para espantar a má fase", disse, à rádio Metrópole.

Lucas Fonseca:

"A gente sabia que, se pressionasse no começo, ia ter chance, poderia ter matado. Não conseguimos, demos um vacilo nos 15 minutos finais. Eles pressionaram e conseguiram o gol", à rádio Metrópole.

Gregore:

"Não tem que falar nada para o torcedor. A gente tem que provar para a gente mesmo. Tentamos impor nossa proposta de jogo, infelizmente não conseguimos. É ter cabeça boa. Tem outro campeonato na quarta. É ir para cima do Vasco e fazer um bom jogo lá".

Vinícius:

"É claro que não era nossa proposta, a gente queria fazer o que faz em casa. Atacar a todo momento. Depois de um momento paramos de fazer nossa estratégia. Uma infelicidade que nos prejudicou. A gente conserva no intervalo, aí numa bola parada eles fazem o segundo gol. Tomamos o baque. Tentamos reagir, mas era complicado. Não é o que a gente quer. A gente vinha de um empate em casa, e tinha que vir aqui para sair com o triunfo. Agora é mudar a chave, entrar numa nova competição, que tem um nível elevado, contra o Vasco. Espero que o torcedor nos abrace e compareça em bom número, para sairmos com um bom resultado", disse à Metrópole.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.