é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Sulamericana

Publicada em 11 de abril de 2018 às 11h09

Na Bolívia, Bahia estreia na Sul-americana nesta quarta-feira

Esquadrão vai tentar eliminar um time estrangeiro pela primeira vez

Victor de Freitas

2018-04-11-11-00_capajoaopedro7
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

Nesta quarta-feira (11), o Bahia vai entrar em campo para estrear na edição de 2018 da Copa Sul-americana. Em solo boliviano, o Esquadrão de Aço vai visitar o Blooming, de Santa Cruz de La Sierra.

Empolgado pelo título baiano conquistado no último final de semana, o Tricolor vai entrar em campo para ampliar a sua boa fase e iniciar positivamente a Sul-americana 2018. A equipe vem de uma série de seis partidas sem derrotar - sendo cinco triunfos consecutivos.

Para o jogo contra o Blooming, uma decisão em conjunto entre comissão técnica e departamento médico tirou cinco jogadores titulares desta viagem, com o intuito de evitar um maior desgaste após a sequência de jogos decisivos. Tiago, Gregore, Elton, Vinícius e Léo ficaram em Salvador. Já o zagueiro Lucas Fonseca foi vetado por dores musculares.

Sem seis titulares, mas com toda a comissão técnica principal na Bolívia, o elenco realizou uma atividade tática na noite desta última terça-feira (10). Foi realizado um trabalho de posicionamento e transição defensiva, além de treino para aprimorar finalizações e bolas paradas.

HISTÓRICO NA SUL-AMERICANA

O Bahia vai voltar a jogar a Sul-americana após duas temporadas sem disputar nenhuma competição internacional. Porém, para conseguir bons resultados na edição de 2018, o time vai precisar melhorar - e muito - o seu histórico na competição.

Em sua história, o Esquadrão possui quatro participações na Sul-americana (2012, 2013, 2014 e 2015). Em todas estas edições, o Tricolor não conseguiu mais do que passar da segunda fase.

Em 2012, o Bahia foi eliminado pelo São Paulo logo na fase de estreia.
Em 2013, eliminou a Portuguesa e perdeu para o Atlético Nacional-COL na segunda fase.
Em 2014, o Internacional foi desbancado pelo Tricolor - que acabou eliminado pelo César Vallejo-PER na segunda fase.
Em 2015, o Sport eliminou o Bahia na estreia.

O ADVERSÁRIO

O Blooming chega para a partida contra o Bahia após vencer suas últimas cinco partidas no Campeonato Boliviano. A equipe tem Joselito Vaca como principal jogador.

FICHA TÉCNICA
BLOOMING-BOL X BAHIA

Copa Sul-Americana 2018 - 1ª Fase - jogo de ida
Local: Ramón Tahuichi Aguilera, em Santa Cruz de La Sierra-BOL
Data e Hora: 11/04/2018, às 21h45 (de Brasília)
Arbitragem: Luis Quiroz, auxiliaso por: Juan C. Macias e Ricardo Baren (todos do Equador)

Blooming: Hugo Suárez; José Sagredo, Pablo De Miranda, Cristhian Coimbra e Juan Rioja; Paul Arano, José Vargas, Joselito Vaca e Christian Latorre; Hugo Bargas. Técnico: Erwin Sánchez.

Bahia: Douglas; Nino, Grolli, Rodrigo Becão e Mena; Edson, Nilton e Régis; Zé Rafael, Marco Antônio e Edigar Junio. Técnico: Guto Ferreira.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.