é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 31 de outubro de 2017 às 14h35

"Paixão impressionante", diz Carpegiani sobre torcida do Bahia

Treinador fala sobre início de trajetória no Bahia e diz se impressionar com a nação tricolor

Victor de Freitas

2017-10-31-14-27_capacarpegiani3
Fonte: Marcelo Malaquias/Divulgação/ECBahia

Contratado no início de outubro com a missão de livrar o Bahia do perigo de rebaixamento, o técnico Paulo Cézar Carpegiani já afastou o Esquadrão do Z-4 e busca triunfos nas próximas rodadas para poder pensar em objetivos mais altos na competição.

"Eu gostaria de pensar jogo após jogo. Daqui a uma semana, em função de resultados que possamos conseguir, podemos almejar algo mais à frente. Quando cheguei, tive confrontos muito difíceis dentro e fora de casa. Obtemos resultados importantes que nos deixou com a "cabeça fora da água". Pretendemos algo mais à frente, sim, mas vai depender muito dos próximos três jogos. Será nosso divisor de águas para sabermos onde podermos chegar", disse o treinador, em entrevista ao canal TVE.

Em suas entrevistas, Carpegiani costuma afirmar que seu estilo de jogo é de propor jogo, sem pensar em atuar recuado. Perto de completar um mês no Esquadrão, o técnico acredita que, com uma sequência maior de jogos, o time conseguirá jogar de maneira próxima a sua filosofia de trabalho.

"A sequência, a continuidade de um trabalho vai nos dar a perspectiva e condições de propor o jogo. Mas nossa equipe já faz algumas coisas, como tentar sair e marcar à frente. Em casa tentamos propor jogo, porém estamos sofrendo uma caída no segundo tempo, o que é normal por termos enfrentado apenas grandes equipes. A única exceção foi o clássico, quando alguns jogadores pediram para sair e precisamos recuar um pouco. Mas, a gente tenta colocar uma mentalidade de sempre tentar se impor, dentro e fora de casa", explicou.

Com quase 40 anos dedicados exclusivamente à profissão de técnico de futebol profissional, Carpegiani garante estar impressionado com a paixão da nação tricolor.

"Tive o privilegio de passar duas vezes pelo Flamengo, no Corinthians e no São Paulo. São torcidas fantásticas, mas a do Bahia é uma paixão impressionante. Eu nunca tinha visto isto não. Estou descobrindo isso. É uma satisfação e vou tentar corresponder a tudo isso", concluiu o veterano treinador.

Em seus cinco primeiros jogos pelo Bahia, Carpegiani venceu dois, empatou dois e perdeu apenas um. O aproveitamento de 54% colocou o time na 13ª posição, com 39 pontos. O próximo desafio será diante da Ponte Preta, na Fonte Nova.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.