é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 27 de agosto de 2017 às 19h02

Preto analisa atuação tricolor e lamenta gol sofrido no final

"No nosso melhor momento, tomamos o segundo gol", lamenta o treinador

Victor de Freitas

2017-08-27-18-58_capapretocoletiva4
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

Em seu quinto jogo como técnico interino do Bahia, Preto Casagrande sofreu sua primeira derrota dentro da Fonte Nova, após dois triunfos anteriores. Após a partida, o treinador analisou a atuação de seus jogadores no revés sofrido para o Botafogo e explicou os motivos que levaram ao resultado negativo.

Em entrevista coletiva após o jogo, Preto afirmou que a equipe não conseguiu propor o que era esperado em termos de sistema de jogo e lamentou falhas em supostas "chances claras" de marcar o gol da virada.

"Nossa proposta de jogo é bem definida. Quem acompanha nossos jogos, treinamentos, sabe. A gente tem uma característica de velocidade e força, nossos jogadores... A gente não tem jogadores de muita cadência nem de cadenciar, manter a posse de bola. No último jogo, a gente estava tentando buscar um equilíbrio, não só marcar atrás, mas conseguir tentar equilibrar quando tiver a bola; em determinados momentos, partir para o contra-ataque com velocidade, mas às vezes tentar manter a posse de bola, valorizar a posse de bola", analisou.

"(...) Tivemos quatro, cinco chances claras de matar o jogo, mas, na hora de acertar o último passe... Os nossos jogadores são de velocidade para puxar o contra-ataque, e acabamos errando o último passe. Exatamente esse o nosso grande erro hoje. Se tivéssemos acertado um desses quatro, cinco lances que tivemos para contra-atacar, com condições e possibilidade de escolher um lado ou outro, acabamos errando. Inclusive fomos penalizados por isso. A gente com mais gente na área, o Bruno Silva foi competente e acabou concluindo em gol. Uma pena, porque já estava no fim do jogo", acrescentou.

Castigo sofrido no final

"Não conseguimos (posse de bola) no primeiro tempo, o Botafogo teve maior posse de bola, criou chances, e, no segundo tempo, a equipe melhorou com as alterações. No nosso melhor momento, acabou que, mesmo tendo superioridade na área, tomamos o segundo gol. E aí não tinha mais muito tempo para fazer alguma coisa".

Vai ser efetivado?

"Não fui informado, não conversamos a respeito. Sou funcionário do clube e tenho me dedicado exclusivamente ao clube, 24h por dia pensando no time, nos adversários, numa maneira de crescer, evoluir. Estou esperançoso de que as coisas possam melhorar pelo fato de ter 15 dias para trabalhar esses jogadores".

Atuação de Rodrigo Becão

"O Rodrigo entrou muito bem, fez o papel dele, marcou bem o Roger, como tinha possibilidade, cobriu bem o Eduardo algumas vezes. Não acredito que a ausência de Tiago tenha influenciado rendimento da equipe".

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.