é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Sulamericana

Publicada em 20 de setembro de 2018 às 23h41

Ramires e Clayton marcam gols e Bahia vence o Botafogo por 2 a 1

Meia e atacante marcaram pela primeira vez com a camisa do Esquadrão e garantiram vantagem para o jogo de volta das oitavas de finais da Sul-americana

Victor de Freitas

2018-09-20-23-24_capabahiaxbotafogosula
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Na noite desta quinta-feira (20), o Bahia recebeu o Botafogo pela ida das oitavas de finais da Sul-americana e venceu por 2 a 1.

Com o triunfo conquistado na Fonte Nova, o Tricolor garante uma vantagem simples para a próxima partida contra o Botafogo. No Rio de Janeiro, o Bahia poderá avançar com qualquer empate. Entretanto, um triunfo de 1 a 0 já será suficiente para o adversário.

O JOGO

Jogando na Fonte Nova e buscando a vantagem para a partida de volta, o Bahia entrou em campo com uma postura ofensiva e que deu resultado logo nos primeiros minutos do primeiro tempo.

Com quatro minutos de jogo, o jovem Ramires aproveitou rebote de bola cruzada na área, dominou de perna direita e chutou rasteiro com a esquerda, abrindo o placar para o Bahia.

Após abrir o marcador, o Tricolor conseguiu manter a posse de bola em seus pés por mais tempo nos minutos seguintes. Porém, foi o Botafogo quem chegou com perigo aos 19 e 22 minutos. No primeiro lance, Douglas fez grande defesa após cabeçada em lance de escanteio. Já na segunda jogada, Brenner aproveitou mais um escanteio e cabeceou ao lado da trave tricolor.

O Esquadrão voltou a levar perigo ao gol botafoguense após roubada de bola aos 34 minutos e que resultou em uma finalização feita por Edigar Junio de fora da área, passando perto da trave direita.

Outro lance tricolor que quase resultou em gol antes do intervalo saiu de um cruzamento feito por Léo, aos 38 minutos, para a cabeçada de Clayton - que parou em uma grande defesa do goleiro Diego.

Em resposta aos lances perigosos do Bahia, o Botafogo chegou a acertar a trave do goleiro Douglas em dois lances, aos 38 e aos 41 minutos.

SEGUNDO TEMPO

Já na segunda etapa, as equipes acertaram o pé e se lançaram ao ataque buscando mais gols. Pelo lado alvinegro, as chances levaram perigo para Douglas nos minutos iniciais. Mas o Tricolor foi quem balançou as redes novamente aos 14 minutos. Clayton aproveitou bola cruzada na área, em escanteio, e cabeceou para ampliar a vantagem tricolor.

A vantagem de dois gols, no entanto, durou apenas dois minutos. Aos 16, Douglas espalmou uma bola para o meio da grande área e Rodrigo Pimpão aproveitou o rebote para descontar o marcador.

O placar de 2 a 1 foi mantido devido a intervenções fundamentais de Douglas, que defendeu finalizações à queima roupa, em lances consecutivos, aos 22, 23 e 26 minutos.

A partida ganhou tons de drama a partir dos 30 minutos, quando a arbitragem expulsou Léo por uma suposta agressão. Porém, mesmo com um jogador a menos, o Esquadrão conseguiu se defender até o fim.

 

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.