é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Brasileiro

Publicada em 27 de maio de 2018 às 17h57

Régis brilha no segundo tempo e Bahia vence o Vasco na Fonte

Meia entrou no segundo tempo, deu duas assistências e marcou um gol

Victor de Freitas

2018-05-27-17-42_capabahiaxvasco20181
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Na tarde deste domingo, o Bahia encarou o Vasco em partida válida pela sétima rodada do Brasileirão e venceu por 3 a 0. Élber, Zé Rafael e Régis foram os autores dos gols.

Com o triunfo conquistado em casa, o Bahia deixa a zona de rebaixamento para trás e sobe para a 15ª colocação, agora com oito pontos.

O JOGO

O Bahia entrou em campo precisando vencer para se reabilitar na Série A. Com uma mudança em relação ao time que venceu o Blooming - Mena no lugar de Leó - o time tricolor buscou exercer uma postura ofensiva desde o início, mas demonstrava dificuldades para armar jogadas nos primeiros minutos.

A primeira finalização perigosa do jogo saiu dos pés do lateral-direito Rafael Galhardo, em um chute de fora da área que passou ao lado da trave de Anderson. Pelo lado do Bahia, a primeira chegada efetiva à área vascaína aconteceu aos 21 minutos, com Élber, mas a defesa travou a finalização.

Já a melhor chance de gol do Bahia na primeira etapa aconteceu aos 40 minutos. O lateral Mena aproveitou saída destrambelhada de Fernando Miguel dentro da grande área e dividiu com o arqueiro adversário. A bola sobrou fora da grande área para Elton, que chutou colocado - mas por cima do travessão.

SEGUNDO TEMPO

Na segunda etapa, o cenário permaneceu o mesmo. Os dois times tinham dificuldades para criar jogadas e, com isso, poucas finalizações eram vistas. Apenas aos 12 minutos o Bahia conseguiu chutar em direção à meta adversária. João Pedro chutou para defesa de Fernando Miguel.

Para tentar dar um novo tom criativo à equipe, Guto Ferreira promoveu uma substituição diferente. Entrou Régis, mas no lugar do centroavante Júnior Brumado, aos 17 minutos. Foi a partir daí que tudo mudou para o Esquadrão.

Pouco tempo depois, aos 24 minutos o primeiro gol tricolor no jogo foi marcado em jogada iniciada justamente por Régis. O camisa 20 lançou deu passe em profundidade para João Pedro, que driblou a marcação e cruzou rasteiro para Élber empurrar para as redes. Foi o primeiro gol do meia-atacante com a camisa tricolor.

Aos 30, Zé Rafael fez tabela com Régis e saiu na frente do goleiro Fernando Miguel. O camisa 10 chutou forte, mas a bola acertou o travessão e pingou em cima da linha. Quase um golaço!

Com o placar ao seu favor, o Tricolor manteve a posse de bola e apostava em contra-ataques, como aos 42 minutos. Zé Rafael e Régis tabelaram novamente e, desta vez, o camisa 20 finalizou. A bola passou perto da trave.

Aos 44 minutos, a dupla voltou a aterrorizar a defesa vascaína, mas neste lance Zé Rafael não perdeu a chance. Em mais um passe de Régis, o meia camisa 10 driblou Fernando Miguel e ampliou a vantagem.

Nos acréscimos, Régis também deixou sua marca. O meia recebeu assistência de Allione para definir o triunfo tricolor por 3 a 0.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.