é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Nordestão

Publicada em 31 de dezembro de 2017 às 09h47

Retrospectiva 2017: Bahia se destaca como melhor nordestino do ano

Esquadrão foi superior aos rivais nordestinos nas competições mais importantes do ano, na torcida e no time

Victor de Freitas

2017-11-27-19-14_capabahiagol25
Fonte: Marcelo Malaquias/Divulgação/ECBahia

O ano de 2017 está indo embora neste domingo (31). Para celebrar a passagem de ano, vale relembrar os momentos que ficam guardados na memória dos 365 dias que passaram. Para a torcida tricolor, a temporada foi proveitosa, com números expressivos nas arquibancadas e triunfos no campo.

Ao longo de 2017, o Bahia conseguiu ser o time nordestino que atuou em nível mais alto e com regularidade, apesar de pequenos momentos de oscilação devido a erros nas escolhas de Jorginho e Preto Casagrande como técnicos para o Brasileirão.

FUTEBOL OFENSIVO E TÍTULO DO NORDESTÃO

No primeiro semestre, o Esquadrão chamou atenção com um estilo de jogo ofensivo durante a Copa do Nordeste. Porém, a equipe de Guto Ferreira também se destacou pela defesa. Não sofreu nenhum gol nos seis jogos da fase de grupos.

Time de melhor futebol do Nordeste, o Esquadrão não perdeu a chance de voltar a levantar uma taça de campeão regional após 15 anos. Para melhorar, o Bahia bateu seus maiores rivais na região, Vitória e Sport, para ganhar o título.

CAMPEONATO BAIANO: TIME RESERVA E SEGUNDO LUGAR

Em meio a esta disputa, o Tricolor também encarava desafios no Campeonato Baiano. Primeiramente com uma equipe considerada "B", na fase de classificação. Já no mata-mata, os titulares entraram em campo, porém, o título não veio. Com dois empates, o rival foi campeão.

MAIS UMA SAÍDA PRECOCE NA COPA DO BRASIL

Na Copa do Brasil, o Esquadrão tropeçou logo na segunda fase, com uma derrota para o Paraná fora de casa.

CAMPEONATO BRASILEIRO: LIBERTADORES BATEU NA TRAVE

Já no segundo semestre, veio a disputa do torneio mais importante do ano. O Campeonato Brasileiro é a competição que mais aguardada do calendário nacional. Para o Bahia, o título da Copa do Nordeste rendeu em maiores cobranças da torcida para que o time fizesse uma campanha melhor do que apenas fugir do rebaixamento.

O início de Brasileirão foi promissor, com uma goleada na estreia e uma série de triunfos como mandante. Porém, já na metade do primeiro turno, com o técnico Jorginho, o time caiu de rendimento e chegou na metade do campeonato sem técnico e perto do Z-4.

Foi então que Preto Casagrande assumiu a equipe, de forma interina por cinco jogos e como treinador efetivado por quatro rodadas. Deixou o cargo justamente quando caiu novamente na classificação e viu o Z-4 se aproximar.

Por fim, a chegada de Carpegiani deu um novo ânimo para o time tricolor. Com uma forma de jogar mais ofensiva do que a dos antecessores, o treinador devolveu o Bahia ao caminho dos triunfos e, finalmente, a nação sonhou com algo mais no campeonato.

Nas últimas partidas, o Esquadrão estava efetivamente na disputa pela Libertadores, mas o sonho bateu na trave. Terminou em 12º lugar, com 50 pontos, a maior pontuação de sua história nos pontos corridos.

MAIOR TORCIDA DO NORDESTE

Ao longo de toda a temporada, o Esquadrão disputou 32 jogos dentro de casa e obteve uma média 18.657 torcedores por partida. Deu mais uma vez demonstração de ser a melhor e maior torcida do Nordeste.

Em segundo lugar no ranking da torcidas nordestinas em 2017, o Ceará disputou o acesso na Série B e teve 17.157 de média.

Já os rubro-negros Sport e Vitória se livraram do rebaixamento na última rodada. Os dois times também tiveram cerca de 10 mil torcedores por jogo no ano.

Ao fim do ano, o pode-se afirmar que o Bahia foi o melhor time nordestino de 2017, por ter sido campeão regional e feito a melhor campanha na Série A. Além dos resultados, a equipe tricolor também foi quem jogou um melhor futebol na maior parte do ano e teve os melhores jogadores - inclusive que estão sendo cobiçados.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.