é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 30 de agosto de 2017 às 15h20

"Temos que arriscar mais", diz Eduardo sobre oscilação do Bahia

Lateral pede para time se impor mais durante os jogos para tentar triunfos

Victor de Freitas

2017-07-09-18-46_capaeduardo5
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

A irregularidade tem sido a marca do Bahia nesta edição de Campeonato Brasileiro. O time tem tido dificuldades para conseguir uma grande sequência com bons resultados, o que tem mantido o time na parte inferior da tabela durante a maior parte da competição.

Para o lateral-direito Eduardo, o Bahia precisa "arriscar mais" durante os jogos para evitar oscilações como a que ocorreu nas duas últimas partidas. Após um grande triunfo sobre o Vasco, a equipe não repetiu a atuação e perdeu em seguida para o Botafogo.

"O futebol não é uma ciência exata. Temos feito bons jogos, fora de casa principalmente. Dentro de casa, não sei o que tem acontecido que temos sofrido bastante, mais até do que fora. A gente tem que confiar mais. Se a gente confiar mais, vamos conseguir mais êxitos. É melhor arriscar do que ser omisso. A gente tem que arriscar mais", destaca o jogador.

Questionado em entrevista coletiva sobre a oscilação do time nos últimos jogos, Eduardo garante que não tem a ver com a indefinição sobre a efetivação de Preto Casagrande. O jogador é mais um a defender a efetivação do treinador.

"Uma coisa não tem a ver com a outra. Nossa oscilação tem sido (por causa do) nosso desempenho e não tem a ver com a forma que a gente enxerga o Preto. Pessoa transparente, que joga limpo, viveu o mundo do futebol. Ele conhece muito ali das quatro linhas, então tem que ser respeitado. Já trabalhei com vários treinadores de nome e não vejo ele longe disso aí. O que falta é oportunidade. Nós temos que fazer a nossa parte, dar um algo a mais. Nós que temos que a nossa parte", acrescentou.

O Bahia conseguiu uma sequência de dois triunfos consecutivos, neste Brasileirão, apenas uma vez, quando derrotou Atlético-GO e Cruzeiro, nos dois primeiros jogos de Jorginho.

Já a maior sequência sem ser derrotado é de cinco jogos, tendo sido com três empates e dois triunfos.

O Esquadrão de Aço encara o Atlético-GO no próximo dia 11, pela 23ª rodada.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.