é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 28 de novembro de 2018 às 18h31

‘Vamos fazer esforço pela permanência’, afirma Cerri sobre Gilberto

Permanência do centroavante é um dos principais desejos da diretoria tricolor

Victor de Freitas

2018-11-28-18-22_capagilberto32
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Artilheiro do Bahia no Campeonato Brasileiro de 2018, o centroavante Gilberto se destacou em seus primeiros meses como jogador tricolor. Um dos atletas que possuem vínculos apenas até dezembro, o camisa 9 tem situação indefinida, mas a diretoria garante que fará esforço para que o atleta siga no Esquadrão.

De acordo com o diretor de futebol, Diego Cerri, a situação de Gilberto requer um esforço maior do que de outros jogadores que já renovaram. Com concorrência pelo jogador, o dirigente revelou ter uma reunião marcada com o empresário do atleta para tentar bater o martelo pela renovação.

“Gilberto já faz tempo que nós seguimos em conversas com ele e com o empresário. Atleta que temos o interesse na permanência. Foi bem, teve a fatalidade de uma lesão, está se recuperando agora, no fim do campeonato. Veio como uma oportunidade, consegui trazer no momento certo da janela. Deu uma resposta importante para o elenco e para o clube. Estamos conversando. Temos uma chance de renovação, temos o interesse na permanência dele. Vamos fazer o esforço necessário pela permanência, sabendo que há concorrência. Vamos agora para o São Paulo, coloquei na agenda uma conversa com o empresário dele para ver como evolui a possível permanência dele”, disse o dirigente.

Gilberto estreou em julho e disputou 24 partidas pelo Bahia, até então, com nove gols.

SOBRE LÉO

O lateral-esquerdo Léo é um dos atletas que defenderam o Bahia em 2018 e que estão atraindo interesse no mercado. Alvo do São Paulo para a próxima temporada, o jogador não deve permanecer no Esquadrão, segundo Cerri, em razão de propostas e exigências altas feitas pelo Fluminense.

“Léo Pelé vou usar uma introdução para falar do caso. Ele pertence ao Fluminense, tem mais um ano de contrato. Dos jogadores que vinham atuando com mais frequência de titular, ele era o único emprestado. Acho importante frisar, são poucos emprestados. Tentei fixar um valor de comprar, mas o Fluminense não aceitou. Ele veio, muito dentro do padrão que a gente esperava, conseguiu jogar um número grande de partidas, bom rendimento, custo dentro do que poderíamos pagar. Agora está no mercado, fez um ano bom, tem propostas altas. Não tenho ainda uma definição sobre a possível permanência do Léo. Tem equipes com poderio econômico grande com interesse. O Fluminense também tem interesse na venda por valores altos. Se a gente conseguir o êxito, com a permanência, ótimo. Se não conseguir, é um garoto excepcional, fez um ano bom. Tento fazer com que o Bahia dê sequência aos jogadores no maior tempo possível, como ativos do clube, mas não conseguimos 100%. Se Léo sair, por tudo o que ele fez, foi excepcional a passagem dele. Se puder permanecer, ótimo”, explicou.

Léo já atuou em 59 partidas pelo Tricolor de Aço.

Perguntado sobre as situações de atletas como Nilton, Allione e Bruno, Cerri optou por não revelar detalhes.

"De quem a gente não renovou, não vou falar particularmente. Falei de quem a gente renovou. De outros falei das conversas que a gente tá tendo e analisando caso a caso. Gilberto criou essa expectativa, é artilheiro da nossa equipe no Brasileiro, natural, está terminando contrato. Estamos conversando sobre todos. Vamos esperar um pouco e vou passando a situação de cada um", finalizou.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.