é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 05 de abril de 2018 às 19h02

Vinícius espera por vaias, mas foca em triunfo para ser campeão

"Respeito é fazer gol", afirma o meio-campista

Victor de Freitas

2018-04-05-18-19_capavinicius24
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

Com a vantagem por ter vencido o jogo de ida por 2 a 1, o Bahia vai visitar o Vitória neste domingo, no estádio do Barradão, para decidir quem sairá de campo como o campeão do Campeonato Baiano de 2018.

De volta ao Barradão após confusão ocorrida no primeiro Ba-Vi do ano, vencido por 3 a 0 pelo Bahia por falta de jogadores do rival em campo, o meia Vinícius disse já estar preparado para ser hostilizado por torcedores rubro-negros.

"Tenho a consciência de que, dos jogadores do Bahia, eu vou ser o mais hostilizado pela torcida. Isso é meio óbvio, pelo que aconteceu no primeiro Ba-Vi. Em relação ao gol, muito se questionou por que eu não comemoro com minha torcida, mas ela estava do outro lado (no dia do primeiro clássico). Nesse Ba-Vi, que vai ser de torcida única, não vou fazer (a dancinha) se fizer gol por respeito à torcida do Vitória, até mesmo aos jogadores. Aquele episódio lamentável serviu de aprendizado. Fui um dos pivôs e não queria violência. Cada um teve que fazer reflexão. O que mudaria é não comemorar, em respeito torcida do Vitória", disse o jogador.

Deixando para trás a confusão do clássico do dia 18 de fevereiro, Vinícius garante que o objetivo do Bahia é de ir ao Barradão conquistar mais um triunfo para sacramentar a conqusita do título estadual. O meia também diz que "respeito é fazer gol".

"Tenho total consciência que, sempre que entro em campo, é onze contra onze. Um clássico envolve muitas outras coisas, mas a gente está trabalhando tudo isso, principalmente o emocional. É como falo, em semana de decisão, a ansiedade bate. Não vou mentir. Todo mundo tem consciência do que o jogo representa. A gente fez 90 minutos muito bons, mas sabe que não tem nada ganho, sempre respeitando. Sabemos que é na casa do adversário. É sempre respeitando, mas a gente sabe que, no futebol, respeito é fazer gol", afirmou.

O Bahia vai encarar o Vitória às 16 horas deste domingo.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.