é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 04 de setembro de 2018 às 17h53

Zé Rafael garante estar pronto e celebra retorno: 'sou fominha'

Camisa 10 reforçará o Bahia contra o Sport

Victor de Freitas

2018-09-04-17-37_capazerafael39
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

O meia Zé Rafael está mais do que confirmado no jogo desta quarta-feira (05), contra o Sport, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após ser preservado no final de semana, ele afirma estar pronto para voltar a atuar.

"Recuperado. Um pouquinho de dor, porque a pancada foi muito forte, mas tranquilo para jogar amanhã", garantiu o meia.

Zé Rafael sofreu duas pancadas na partida contra o Ceará - sendo a entrada de Richardson a principal delas. Os golpes recebidos e dores na lombar o deixaram de fora do jogo contra o Atlético-PR. Sem lesão, ele diz que ficou de fora apenas por não ter se sentido 100%.

"Eu vinha numa sequência grande e tomei duas pancadas. Ia me limitar. Eu não ia ficar fora do jogo, mas não ia conseguir fazer minhas funções no melhor. Então, em conjunto, tomamos essa decisão, como eu não estaria 100%, tomamos a decisão de dar uma recuperada", disse.

A partida foi apenas a primeira que o meia deixou de atuar por conta de um motivo físico desde que chegou ao Bahia. Antes, só havia sido desfalque por suspensão. Ele admite ser "fominha" e destaca se empenhar para manter um alto nível físico.

"Porque sou fominha e porque minha condição física me ajuda muito. Me preparo muito para conseguir estar bem sempre e acho que tenho conseguido fazer isso de maneira bem efetiva nesses dois anos que estou aqui. Continuo me preparando muito quando eu posso, quando sobra um tempinho para me preparar, e do resto são os jogos", falou o meia tricolor.

O Bahia perdeu os dois jogos que disputou sem Zé neste Brasileirão. Mas, para ele, sua ausência não é determinante para definir resultados negativos.

"O Bahia não depende do Zé. Foi um jogo bem abaixo do que a equipe vinha produzindo. A equipe deles cresceu nos jogos que fez em casa, pegaram uma sequência e ganharam confiança. Zé Rafael está ali para ajudar. Tento fazer meu melhor. Alguns jogos, consigo ajudar muito. Outros, nem tanto. Mas estou ali sempre para dar meu melhor. Bahia evoluiu muito. Nossa equipe está no caminho certo. Quando encaixar os triunfos, principalmente fora de casa, nossa equipe vai dar um salto na tabela", disse.

Saída de Régis:

"Toda equipe, quando perde jogador, é complicado, ainda mais jogadores que sempre jogam. Régis entrava a maioria dos jogos, era uma peça importante. Faz falta, até porque nosso elenco não é dos maiores. Vai fazer falta, mas nossa equipe tem gente para repor. É um ciclo do futebol, faz parte, tem que seguir a vida dele. Nós seguimos aqui trabalhando para ajudar o Bahia".

Possível ausência de Gilberto:

"Se for verdade que o Gilberto está com conjuntivite, vai fazer muita falta. Espero que ninguém mais pegue essa conjuntivite, porque vai atrapalhar demais a gente".

Vencer o Sport:

"A gente tem que ganhar amanhã, não tem para onde correr. Vai ser mais uma final, eles também vão encarar assim. Vamos ajustar o que precisa e amanhã encarar esse jogo como uma decisão. A partir de agora, todos os jogos são decisivos, mas para quem está abaixo de nós, são ainda mais decisivos".

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.