é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 27 de setembro de 2018 às 17h03

Zé Rafael se recupera de lesão e reforça o Bahia contra o Flamengo

Meia esteve presente em mais de 91% dos jogos desde que chegou ao Bahia e vai voltar ao time contra o Fla

Victor de Freitas

2018-09-27-16-31_capazerafael56
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Por conta de dores musculares, Zé Rafael foi substituído no meio do segundo tempo da partida contra o Botafogo e nem sequer viajou para enfrentar o Vasco. Após uma semana de tratamento, ele afirma estar pronto para voltar a defender as cores do Esquadrão de Aço, no duelo de sábado (29) contra o Flamengo.

"Homem de Aço" do Bahia, Zé Rafael possui uma regularidade pouco vista no futebol moderno. Desde que chegou ao Esquadrão, o camisa 10 tem participação em cerca de 91,2% dos jogos. Ele esteve presente em 115 das 126 partidas disputadas pelo Bahia entre janeiro de 2017 a setembro de 2018.

Contando apenas a temporada de 2018, ele jogou em 55 dos 60 jogos disputados pelo Tricolor até então. Números que impressionam e que demonstram o baixo número de contusões sofridas pelo jogador. Após ficar fora contra o Vasco, ele admite ainda sentir dores, mas que não irão tirá-lo de mais um jogo.

"Difícil ficar fora de uma partida, ainda por questão física. Acho que foram poucas vezes que isso aconteceu aqui no Bahia, mas estou tranquilo, me sentindo bem, um pouco de dor ainda, desconforto, mas nada que me impeça voltar a treinar, voltar a ter condições para os próximos jogos", garantiu.

Para o confronto contra o Flamengo, ele espera por dificuldades e vê time carioca em situação semelhante a que está sendo vivida pelo Esquadrão em termos de pressão. Os dois times precisam se recuperar dos resultados negativos das últimas partidas.

“A gente tem jogos sempre muito difíceis. Todo adversário que vem sabe a dificuldade que vai ser. A equipe do Flamengo vai vir muito preparada, até porque foram eliminados e vão querer dar uma resposta imediata. Nós da mesma forma”, falou o meia tricolor.

Proximidade do Z-4:

"Já falei outras vez aqui que nossa equipe não é para estar disputando a posição que está. Em alguns jogos faltou competência, mas na maioria faltou um pouquinho de sorte, como foi nesse jogo contra o Vasco. Nossa equipe dominou os primeiros 30 minutos e, num lance esporádico do Vasco, saiu expulsão, pênalti, tudo de uma vez".

Retornos de titulares que estavam lesionados:

"Quando se trata de falar de volta, é sempre complicado porque todo mundo que entra,entra para mostrar, para dar resultado. É ruim ficar fora. Esses jogadores (Lucas Fonseca e Tiago) que estão voltando agora, voltam, para agregar".

Novos uniformes:

"Gostei das camisetas. Essa nova linha do Bahia, essa nova maneira de trabalhar. Acho que os uniformes ficaram legais, principalmente por serem escolhidos pelo torcedor do Bahia".

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.