é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Baiano

Publicada em 31 de março de 2024 às 18h05

Bahia faz dois gols, mas leva virada e perde Ba-Vi na ida da final

Tricolor chegou a abrir 2 a 0, mas sofreu nova virada e precisará reverter vantagem na Fonte Nova

Victor de Freitas

bavi24-9
Fonte: Tiago Caldas / EC Bahia

O Bahia saiu em vantagem no Barradão, mas perdeu o Ba-Vi por 3 a 2, na tarde deste domingo (31).

Com o resultado, o Esquadrão precisará reverter a desvantagem na partida de volta. Um triunfo pelo placar mínimo leva a decisão para os pênaltis, enquanto o empate serve para o rival.

A partida de volta está marcada para o próximo domingo (7), com mando tricolor na Arena Fonte Nova.

O JOGO

Em um clássico que abria a final do Baianão, o primeiro tempo foi marcado por um jogo ‘estudado’ e brigado no meio-campo, mas com poucas chances para os dois lados, especialmente nos minutos iniciais.

Titular no lugar deixado por Everaldo, Luciano Juba assustou o goleiro rival em um cruzamento que tomou a direção do gol, mas o goleiro espalmou para fora.

A primeira chance clara do jogo aconteceu para o lado do time mandante. Aos 16 minutos, Marcos Felipe errou um passe fora grande área, deixando a meta sem goleiro. A sorte tricolor foi que o atacante Alerrandro chutou para fora.

Após sofrer um grande susto, o Bahia manteve uma postura em que apostava em seus meio-campistas para chegar ao ataque. Cauly e Jean Lucas arriscaram finalizações que levaram perigo. Juba, também de fora da área, arriscou seu chute, mas viu passar longe.

Na reta final do primeiro tempo, o jogo ficou mais quente, com pedidos de cartão amarelo de ambos os lados e até Ceni entrando em confusão com jogador rival.

Antes do intervalo, o Esquadrão teve a sua grande oportunidade. Dessa vez, o goleiro Lucas Arcanjo foi quem falhou em uma saída pelo alto. A bola sobrou para Thaciano, sem goleiro, que cabeceou para o gol, mas o zagueiro Wagner Leonardo tirou em cima da linha!

SEGUNDO TEMPO

O retorno para a etapa complementar não poderia ter sido melhor para o Tricolor, que abriu o placar com menos de 30 segundos. Juba iniciou a jogada com um passe em profundidade para Cauly, que viu a defesa adversária desorganizada e deu passe para Thaciano fazer o primeiro do jogo.

Após o gol que abriu o marcador, a partida ganhou em ritmo ofensivo, com o adversário se lançando ao ataque em busca do empate. No entanto, foi o Esquadrão quem marcou mais uma vez.

Dessa vez, Cauly recebeu uma assistência açucarada feita por Juba e, na grande área, finalizou de chapa para balançar as redes e aumentar a vantagem, aos 17 minutos.

No entanto, o Bahia levou um gol aos 21 minutos. Após chute desviado na zaga tricolor, o atacante Mateus Gonçalves apareceu livre e descontou.

A partir disso, o Bahia tentava contra-atacar para definir o placar, enquanto o rival se lançava de vez ao ataque, apostando em jogadas pelas pontas e cruzamentos na grande área.

Aos 45 minutos, no entanto, o Esquadrão sofreu o gol de empate. Mateus Gonçalves novamente apareceu livre na área após rebote e fez o segundo gol.

No último lance do jogo, Iury Castilho recebeu cruzamento na grande área e definiu o placar de 3 a 2. De virada.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.



casas de apostas brasileiras