é goleada tricolor na internet
veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Em sequência como titular, Kayky fala sobre cobrança e busca por evolução

Notícia
Baiano
Publicada em 30 de junho de 2023 às 18:54 por Victor de Freitas

kayky12
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Após três meses afastado do time titular por opção técnica, Kayky ganhou sequência na equipe inicial nos últimos três jogos, com um gol e uma assistência.

Escolhido para conceder entrevista nessa sexta, véspera da partida contra o Grêmio, Kayky avaliou seus primeiros meses de Bahia, desde a chegada como titular à perda da posição.

“É até engraçado, porque eu já chego jogando. Muitos não sabem, mas eu tive um furúnculo e precisei me afastar um tempo. Nesse período, eu perdi meu espaço. Quem entrou, entrou bem, merecido. Esse tempo me fez repensar o que eu tinha que melhorar para entrar. Então foi importante para mim. E agora é trabalhar”.

Vivendo um momento de recomeço no Esquadrão, o atacante afirma estar satisfeito com a forma como retornou ao time, mas que promete seguir em busca da evolução.

“Não poderia escolher uma volta melhor. Fazendo gol, dando assistência, podendo ajudar o time a pontuar no campeonato. Mas o jogador sempre tem que melhorar. É seguir trabalhando, evoluir e demonstrar dentro de campo”.

Um dos aspectos cobrados é a necessidade de auxiliar na marcação, jogando para o time sem a bola.

“Uma coisa que eu sempre fui muito cobrado, não só no Bahia, mas em todos os times por que passei, é ajudar na marcação. Acho que sempre ajudei muito na frente, sempre contribuí muito ofensivamente. Mas acho que um ponto que precisava melhorar era a marcação. Correr para frente e para trás, para marcar e pressionar. Era uma coisa que me incomodava. Então esse tempo que passei fora eu trabalhei nisso, peguei nessa tecla bastante. Com certeza, estou vendo diferença e ajudando o time”.

“(…) O futebol tem dois momentos. Você ataca e marca. Não adianta ser bom em uma parte e, na outra, não contribuir. Então eu tinha que ajustar, trabalhei, ajustei e estou feliz”

Jogos contra o Grêmio

“Acho que, no futebol, ganha quem tem a melhor tática. Então, se você treina visando o mesmo time duas vezes, independente do campeonato, que os dois são importantes para a gente, até porque a gente não está lá no alto no Brasileiro. Então o primeiro jogo é importante para a gente somar pontos e sair daquela parte chata. E a Copa do Brasil a gente tem que fazer nosso resultado em casa para levar lá para o Grêmio e passar. Então, toda preparação vai ser importante. A gente só tem que achar uma tática boa para ir nos dois jogos bem”.

Apoio da torcida

“Acho que me motiva muito. Quando você conta com apoio da sua torcida, ainda mais nos jogos em casa, eu tenho visto que é um 12º jogador. A partidas do Brasileiro esse ano são difíceis. Todos os jogos estão sendo difíceis. Então poder contar com o apoio do 12º jogador dá mais confiança para qualquer jogador”.

comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros.
O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios
impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

enquete

Após mais de 50 jogos pelo Bahia, como você avalia o trabalho de Rogério Ceni?
todas as enquetes
casas de apostas brasileiras