é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Brasileiro

Publicada em 08 de março de 2021 às 17h09

Bahia anuncia profissionalização dos contratos do time feminino

Agora, as "Mulheres de Aço" terão direitos de contrato profissional

Victor de Freitas

2021-01-04-11-41_capabahiafeminino46
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

8 de março é o dia internacional da mulher. E, nesta segunda-feira (08/03/2021), o Bahia aproveitou a data comemorativa para anunciar a profissionalização dos contratos das jogadoras do time principal feminino.

Através de uma carta publicada no site oficial, o clube afirma o compromisso de dar o próximo passo ao profissionalizar o futebol feminino, garantindo todos os direitos trabalhistas e direitos previstos nas leis do esporte.

O clube também afirma que a mudança de status dos contratos das jogadoras simboliza a mudança no apelido delas, agora, as “Mulheres de Aço”.

Confira a carta na íntegra:

De: Esporte Clube Bahia
Para: Mulheres de Aço

"O novo apelido do nosso time feminino, que tanto nos orgulha há duas temporadas, é na verdade uma grande homenagem a você que é torcedora, sócia, tricolouca, tricolíder, admiradora ou mesmo simpatizante do Esquadrão.

Você que precisa fazer jornada dupla em casa e no trabalho, atravessar a rua pra fugir do assédio que logo chegará ou vários outros exemplos que poderíamos citar. Guerreira, realmente guerreira, apesar da banalização da palavra.

Em meio às batalhas da vida, ainda separa um tempo para o nosso clube. Ou vive-o intensamente, cada segundo. Do lado de cá, infinita gratidão.

Com o surgimento da marca Esquadrão, lançamentos de uniforme só devem ocorrer caso haja modelo feminino.

Fomos o primeiro time do Brasil a criar mascote mulher e a implantar mecanismo de denúncia contra perturbação no estádio (#MeDeixeTorcer).

Promovemos seminário sobre violência de gênero para os atletas da base, no último mês de dezembro, em parceria com a ONU.

Fizemos evento “Repensando o Bahia” exclusivamente sobre e para torcedoras. Realizamos ações com a Secretaria de Políticas para as Mulheres tanto do Governo quanto da Prefeitura.

Aumentamos o quadro de funcionárias. Produzimos camisa – e conceito – “Jogue como uma garota”.

O número de mulheres no Conselho Deliberativo subiu mais de 600% (3 para 23) e a quantidade de sócias quase dobrou.

Está na hora do próximo passo.

Agora, nossas atletas passarão a ter direito a férias remuneradas, FGTS e 13º salário, além das proteções legais específicas da lei geral do desporto.

No fim do mês, pela primeira vez, iniciaremos a disputa da elite do Brasileirão Feminino. Hoje anunciamos a profissionalização dos contratos de trabalho das antigas meninas, agora Mulheres de Aço".

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.