é goleada tricolor na internet
veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Bahia foi o único time a dar três dias de folga ao elenco?

Notícia
Brasileiro
Publicada em 6 de setembro de 2023 às 07:01 por Alan Vasconcelos

treino23-136
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Após polêmica nas redes sociais envolvendo os três dias de folga dados para o elenco do Bahia depois do empate contra o Vasco, no último domingo (03), o ecbahia.com resolveu apurar e levantar dados referentes ao período de descanso dado por outros times que também brigam contra a degola.

Além dos clubes que estão na zona de rebaixamento, a lista leva em consideração as equipes que estão com menos de 5 pontos acima do Santos, que abre o Z-4 com 21 pontos. Dentre os clubes analisados que jogaram nesta rodada, apenas Bahia e Vasco deram folga de três dias aos seus atletas. Sendo assim, o Esquadrão foi a única equipe nesse contexto a fazer isso tendo jogado em casa (Vasco foi o visitante contra o Bahia).

O Coritiba, lanterna do campeonato, também deu três dias de descanso aos seus atletas, mas o alviverde paranaense está em uma situação distinta em relação aos outros clubes. Com o adiamento do jogo contra o São Paulo, que seria disputado na noite de domingo, o Coxa anulou os compromissos referentes aos treinamentos e deixou os jogadores livres durante sábado, domingo e segunda-feira.

América-MG e Santos também se enfrentaram no último domingo. O duelo do Z-4 aconteceu na Arena Independência, em Belo Horizonte, e após derrota, o Santos, que ainda precisou voltar para o litoral de São Paulo, deu apenas um dia de folga aos seus jogadores. O América, mandante da partida, concedeu folga de dois dias ao elenco.

Assim como o Santos, o Goiás também deu apenas um dia de folga aos seus jogadores.

Porém, se considerarmos as equipes que não estão lutando contra o rebaixamento, o número de dias de folga até aumenta. Como é o caso do Grêmio, que deu quatro dias livres aos seus jogadores e do RedBull Bragantino, que cedeu cinco dias de folga para os seus atletas.

 

Confira a lista

  1. Coritiba: não jogou na rodada, mas deu 3 dias de folga devido ao adiamento de seu jogo contra o São Paulo;
  1. América-MG: jogou domingo em casa- 2 dias de folga;
  1. Vasco: jogou domingo fora – 3 dias de folga;
  1. Santos: jogou domingo fora – 1 dia de folga;
  1. Bahia: jogou domingo em casa – 3 dias de folga;
  1. Goiás: jogou sábado em casa – 1 dia de folga;

 

Dar folga prolongada aos jogadores é uma prática comum

 

O período prolongado pode parecer estranho para o torcedor, mas é preciso deixar claro que toda equipe precisa dar um número específico de folgas ao jogador, isso é uma prática comum e assegurada por lei.

Em seu Artigo 7º, a Constituição Federal explica que: “São direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros que visem à melhoria de sua condição social”, o termo é continuado no inciso XV, que diz que o repouso semanal remunerado deve acontecer, preferencialmente, aos domingos. A mesma coisa também está referenciada no artigo 67 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Como as partidas de futebol costumam acontecer no domingo, os atletas têm o direito de receber folgas logo no dia seguinte, isso é, na segunda-feira. Diferente dos trabalhadores “comuns”, os profissionais do futebol possuem um Contrato Especial de Trabalho Desportivo, que está previsto na Lei Pelé.

Devido às viagens de ida e volta para jogos fora de casa, concentrações para decisões e sequência de partidas em um curto período de tempo, muitas vezes o dia de folga do jogador acaba ficando acumulado e, quando a equipe acaba ficando um grande período sem partidas (como é o caso do Bahia agora), é o momento oportuno para “pagar” ou até antecipar as folgas dos atletas.

É necessário, também, levar em consideração que a rotina de treino e descanso não é montada poucos dias antes da partida e muito menos após o resultado de um confronto. Isso é algo que já está predefinido há alguns meses, sofrendo apenas ajustes devido às mudanças no calendário das competições. A exemplo, essa não foi a primeira vez neste ano em que o Bahia cedeu três dias de folga aos seus jogadores, isso aconteceu na última data FIFA, onde a folga prolongada foi dada logo após o empate por 2×2 contra o Cruzeiro na Fonte Nova.

comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros.
O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios
impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

enquete

Após mais de 50 jogos pelo Bahia, como você avalia o trabalho de Rogério Ceni?
todas as enquetes
casas de apostas brasileiras