é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Brasileiro

Publicada em 13 de fevereiro de 2021 às 20h55

Bahia luta, cria chances e fica no empate com o Atlético-MG

Esquadrão teve oportunidades para vencer a partida, mas fica com um ponto no Mineirão

Victor de Freitas

atleticomgxbahia2020
Fonte: Pedro Souza / Atlético

O Bahia visitou o Atlético Mineiro, na noite deste sábado (13), e empatou em 1 a 1 com o Atlético Mineiro, no Mineirão. A partida foi válida pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o empate fora de casa, o Esquadrão chega aos 38 pontos e fica um na frente do Vasco, que ainda jogará na rodada. Além disso, o Bahia vê a aproximação do Goiás, que venceu na rodada e chegou aos 36 pontos.

A próxima partida tricolor será contra o Fortaleza, no próximo sábado (20).

O JOGO

Com mais de uma dezena de desfalques para este jogo, o Bahia iniciou a partida causando enormes sustos ao Atlético Mineiro. Logo no primeiro lance, Rossi aproveitou bola cruzada por Gabriel Novaes e perdeu uma grande chance de abrir o placar.

Aos 11 minutos, mais uma chegada perigosa do Esquadrão. Desta vez, Gabriel Novaes chutou e parou em defesa do goleiro atleticano. No rebote, Rodriguinho tentou balançar as redes e foi bloqueado pela defesa.

Apesar dos sustos do Bahia, foi o Atlético quem abriu o placar. Aos 19 minutos, o lateral Guilherme Arana cruzou bola na grande área e o atacante Eduardo Sasha subiu entre os zagueiros tricolores para cabecear e balançar as redes de Mateus Claus.

Mesmo repleto de desfalques e atrás no marcador, o Tricolor de Aço ainda fechou a primeira etapa com mais finalizações do que o adversário.

No fim do primeiro tempo, Gabriel Novaes teve uma chance incrível de empatar o jogo. Mas, de frente para o goleiro Everson, errou a finalização e desperdiçou uma oportunidade de ouro.

SEGUNDO TEMPO

Já na segunda etapa, o Atlético teve a primeira chegada ao ataque. Mas, no contra-golpe, o Bahia empatou a partida com menos de dois minutos de bola rolando.

Rossi ganhou na velocidade para o zagueiro Júnior Alonso, invadiu a grande área atleticana e soltou uma bomba para balançar as redes e deixar tudo igual.

Após o empate tricolor, a partida ganhou em intensidade ofensiva por parte dos dois lados.

Aos 22 minutos, Elton entrou no lugar de Patrick, que saiu com dores. Em pouco tempo de jogo, o volante acertou um forte chute no travessão e quase fez um golaço.

Em resposta, o Galo assustou duas vezes. Na primeira jogada, aos 26 minutos, Hyoran cruzou e viu a bola passar por todos dentro da área e quase entrar no gol. No minuto seguinte, Mateus Claus fez uma defesa milagrosa em cabeçada de Marrony.

Montado para contra-atacar, o Bahia trabalhava esperando por falhas do Atlético. Aos 33 minutos, mais um contra-golpe foi encaixado e quase rendeu em gol. Gabriel Novaes ganhou da defesa na velocidade, invadiu a área e parou em defesa do goleiro Everson.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.