é goleada tricolor na internet
veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Bahia volta a tropeçar em casa e empata com o Cruzeiro: 2 a 2

Notícia
Brasileiro
Publicada em 10 de junho de 2023 às 20:34 por Victor de Freitas

bahxcru231
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Bahia voltou a empatar na Série A. Jogando na Fonte Nova, a equipe tricolor dessa vez ficou no 2 a 2 com o Cruzeiro, pela décima rodada.

O empate deixa o Bahia com nove pontos ganhos, ocupando a 15ª colocação, mas ainda podendo ser ultrapassado por times do Z-4 nessa rodada.

Com a pausa na Série A no próximo final de semana, em função da Data Fifa, o Bahia voltará a jogar somente no dia 21, contra o Palmeiras, novamente em casa.

O JOGO

Com bola rolando, Cicinho foi quem criou a primeira finalização do jogo, seguido por duas finalizações de Gilberto, agora do lado adversário, antes dos dez minutos.

Já o primeiro gol do jogo saiu dos pés de Kayky, novidade na escalação titular. Ele recebeu passe de Ryan, driblou a marcação e fez um golaço. O lance aconteceu pelo lado esquerdo, que era a válvula de escape tricolor.

Com o passar do tempo, o Cruzeiro “entrou’ de vez no jogo e virou o placar aproveitando falhas do Bahia. Antes disso, Marcos Felipe fez uma bela defesa em cobrança de falta feita por Marlon, aos 27 minutos.

Incisivo nas subidas ao ataque, Cicinho apareceu na esquerda, dentro da área, e chutou forte, mas a bola explodiu na trave em lance aos 28 minutos.

Um minuto depois, o balde de água fria. Em contra-ataque, a bola foi lançada para a ponta direita do ataque cruzeirense, nas costas de Vitor Hugo e Ryan. Gilberto ajeitou de cabeça para Bruno Rodrigues driblar Kanu e empatar o jogo.

Aos 45 minutos, David Duarte tentou recuar para Marcos Felipe, mas Wesley chegou antes, driblou o goleiro e virou o placar.

SEGUNDO TEMPO

No retorno para o segundo tempo, o técnico Renato Paiva tirou Vitor Hugo para colocar o meia Daniel em campo, mudando o esquema tático.

Mas foi o Cruzeiro quem pressionou nos minutos iniciais. Em um dos lances, Marcos Felipe fechou o espaço para Gilberto, que finalizou para fora.

Aos 13 minutos, Arthur Sales substituiu Kayky e precisou de pouco tempo em campo para balançar as redes.

Em escanteio cobrado por Cauly, Kanu cabeceou firme para defesa do goleiro Rafael. No rebote, Arthur empurrou para o fundo das redes e deixou o placar novamente igual.

Com o jogo empatado, as duas equipes se lançaram ao ataque em busca do gol que poderia garantir o triunfo. O Cruzeiro, apostando em contra-ataques, era mais perigoso, e chegou a acertar o travessão, além de parar no inspirado goleiro Marcos Felipe.

Mais presente no ataque, o time mineiro chegou mais perto do terceiro gol aos 42 minutos, quando Henrique Dourado até balançou as redes, mas o lance foi anulado por um impedimento no limite. O VAR ainda trabalhou no minuto seguinte ao ajudar a evitar a expulsão de Rezende por uma falta inexistente.

Pressionado, o Bahia tinha dificuldades para sair da sua zona defensiva nos acréscimos, parando na marcação alta do Cruzeiro. No apito final, o empate foi confirmado.

comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros.
O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios
impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

enquete

Após mais de 50 jogos pelo Bahia, como você avalia o trabalho de Rogério Ceni?
todas as enquetes
casas de apostas brasileiras