é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Brasileiro

Publicada em 15 de setembro de 2022 às 14h39

Justiça atende MP-BA e proíbe organizada de frequentar estádios

"A proibição vale até o julgamento do mérito da ação civil pública ajuizada pelo MP", diz nota publicada pelo próprio MP-BA

Da Redação

torcidabamor
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

A Justiça atendeu à recomendação do Ministério Público da Bahia e proibiu, mais uma vez, a Torcida Organizada Bamor de frequentar estádios em todo o país.

A proibição acontece após a briga entre membros das organizadas Bamor e Os Imbatíveis, respectivamente vinculadas à Bahia e Vitória, no dia 4 de setembro, no bairro de São Caetano. Na ocasião, uma pessoa morreu. Duas pessoas foram autuadas em flagrante por tentativa de homicídio.

Um dos responsáveis ligados à Bamor que participaram da briga, inclusive com ferimento que exigiu internação no HGE, também é acusado de participar do ataque ao ônibus do Bahia, em fevereiro de 2022.

É a segunda suspensão sofrida pela organizada somente em 2022. A primeira havia acontecido justamente pelo atentado ao ônibus tricolor.

Confira a nota completa do MP-BA:

"A Justiça atendeu pedido liminar do Ministério Público estadual e proibiu a presença da Bamor, torcida organizada do Esporte Clube Bahia, em locais que ocorram eventos esportivos em todo o país. Os torcedores ficam proibidos de comparecer aos estádios portando elementos que os identifiquem como membros da Bamor, a exemplo de qualquer vestimenta, bonés, faixas, bandeiras ou similares e devem manter uma distância de três mil metros dos arredores dos locais dos jogos. A decisão foi publicada nesta quinta-feira, dia 15.

A proibição vale até o julgamento do mérito da ação civil pública ajuizada pelo MP, por meio da promotora de Justiça Thelma Leal. Foi determinado ainda o fechamento da sede da Bamor, com impedimento de realização de eventos e concentração de torcedores, ainda que sem utilizar elementos indicativos da torcida organizada, nos dois dias antecedentes aos jogos do Bahia. Conforme a determinação, a Bamor deve apresentar em prazo de cinco dias a lista atualizada dos seus integrantes. Eventual descumprimento de quaisquer determinações gera multa diária de R$ 5 mil".

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.