é goleada tricolor na internet
veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Novo “12º jogador”: De Pena ganha espaço em chegada ao Bahia e acumula jogos

Notícia
Brasileiro
Publicada em 12 de maio de 2024 às 09:30 por Victor de Freitas
Meia uruguaio atuou em todos os jogos do Bahia desde a sua chegada
Carlos de Pena, Bahia
Foto: Letícia Martins / EC Bahia

Carlos De Pena foi o único jogador contratado pelo Bahia durante os 19 dias em que a janela de transferências permaneceu aberta no mês de abril. Contratado para suprir uma carência declarada publicamente por Rogério Ceni, o meio-campista já se firma como uma peça importante para o treinador.

Desde a chegada do meio-campista uruguaio, o Bahia já disputou seis partidas. E em todas elas, Ceni o colocou em campo no segundo tempo.

De Pena entrou em campo em todas as cinco rodadas do Brasileirão, participação elogiada principalmente pela assistência diante do Botafogo.

Ele também foi acionado por Ceni durante o segundo tempo da partida contra o Criciúma, na Copa do Brasil.

A chegada de De Pena ao elenco tricolor dá a opção que vinha sendo desejada por Ceni para minimizar a necessidade de mudança de estilo tático a cada substituição.

“Consigo manter o estilo de jogo em caso de substituições no meio, nos dá mais opções. Quanto mais opções você tem, mais chances de se manter na frente ou de buscar a vitória”, disse o técnico, sobre De Pena.

Em seus primeiros jogos, o uruguaio vem sendo o reserva natural da posição de Everton Ribeiro, que no primeiro trimestre tinha Ademir e Yago como substitutos, mudando a característica da equipe.

Nas partidas em que não substituiu diretamente Everton Ribeiro, De Pena foi colocado em campo em outro momento para reposicionar a equipe no sistema tático inicial.

Foi assim contra o Botafogo, quando o camisa 10 havia sido substituído por Rezende. Sem sucesso na alteração, Ceni trocou Caio Alexandre por De Pena, devolvendo o padrão inicial da equipe.

Dessa forma também aconteceu diante do Grêmio. Naquela ocasião, Everton saiu para Biel inicialmente e, em seguida, Thaciano deu lugar para De Pena, que ocupou o lado direito do meio-campo.

Versátil, o uruguaio de 32 anos também foi acionado por Ceni em um momento decisivo do Ba-Vi no Barradão. Foi o único jogo em que ele entrou “fora de posição”, quando substituiu Caio Alexandre e permaneceu na linha de segundo volante para dar qualidade à saída de jogo.

Junto com Biel, De Pena se notabiliza como uma peça frequente no segundo tempo dos jogos do Bahia no Brasileirão. E está novamente à disposição para o jogo contra o Red Bull Bragantino, neste domingo (12), na Fonte Nova.

comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros.
O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios
impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

enquete

Após mais de 50 jogos pelo Bahia, como você avalia o trabalho de Rogério Ceni?
todas as enquetes
casas de apostas brasileiras