é goleada tricolor na internet
veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Três árbitros são afastados pela CBF após polêmicas na 1ª rodada

Notícia
Brasileiro
Publicada em 16 de abril de 2024 às 14:09 por Victor de Freitas

arbitroflaviorodrigues
Fonte: Divulgação / EC Bahia

A CBF afastou três árbitros que tiveram atuações polêmicas na primeira rodada do Campeonato Brasileiro mesmo com a utilização do VAR.

Ao serem afastados já no primeiro fim de semana da competição mais importante do futebol nacional, os três árbitros passarão por “reciclagem”, que significa um novo treinamento, antes de voltarem a ser escalados.

Os árbitros afastados foram:

  • Flávio Rodrigues de Souza (FIFA-SP) – Vasco x Grêmio

Árbitro paulista que integra o quadro de arbitragem da FIFA, Flávio Rodrigues (foto acima) deixou de marcar um pênalti a favor do Grêmio que gerou uma grande reclamação por parte do clube gaúcho.

“Uma vergonha”, disse o vice de futebol tricolor, Antônio Brum. Já para PC Oliveira, comentarista de arbitragem do Grupo Globo, houve um pênalti não marcada para cada lado.

  • André Luiz Skettino (MG) – Atlético-GO x Flamengo

No jogo mais polêmico da rodada, o árbitro mineiro marcou um pênalti contestado para cada lado e uma expulsão de um zagueiro do Atlético-GO que rendeu xingamentos do presidente do clube.

“Sobre a arbitragem, uma boa parte é uma vergonha, é uma máfia”, bradou Adson Batista, presidente atleticano.

  • Yuri Elino (RJ) – Corinthians x Atlético-MG

Já na partida disputada na Neo Química Arena, a reclamação ficou para o lado do Galo, que contestou o nível do árbitro escalado para a partida.

“O Clube informa que fará uma reclamação formal à CBF nesta semana. O futebol brasileiro precisa de mais respeito e preparo da sua arbitragem”, escreveu o Atlético Mineiro.

A crítica do Galo é pela expulsão do volante Rodrigo Battaglia e a não expulsão de Fagner e um lance que, para os atleticanos, também deveria ter rendido cartão vermelho.

Nesta terça-feira (16), o jogo entre Bahia x Fluminense será comandado pelo paulista João Vitor Gobi, de 28 anos, que apitará apenas seu quinto jogo de Série A na curta carreira.

Quer receber notícias do Bahia no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo exclusivo para notícias do Esquadrão!

comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros.
O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios
impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

enquete

Após mais de 50 jogos pelo Bahia, como você avalia o trabalho de Rogério Ceni?
todas as enquetes
casas de apostas brasileiras