é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Coluna

Carlos Patrocinio
Publicada em 04/06/2021 às 10h38

Hora de começar a ver se temos elenco

As suspensões de Juninho, Nino e Daniel em razão da briga generalizada pós-título do Nordestão e a maratona de jogos importantes que teremos em junho vão servir pra começar a mostrar se o Bahia tem um elenco que dará conta de encarar o semestre final da temporada. Vamos pro jogo do Bragantino sem 03 titulares e vamos começar a ver se as reposições vão se mostrar a altura.

É bem verdade que no caso de Nino, Guedes já vinha atuando, já que nosso Severino já vinha cumprindo a suspensão preventiva imposta em razão da trocação com Mendoza naquele jogo. Inclusive, se não vem sendo brilhante, acho que dá pra dizer que vem sendo eficiente, muito longe de comprometer, fazendo jogos seguros. A questão é que o lateral direito tricolor titular ficará um bom tempo de fora, o que leva a perguntar se temos uma terceira opção minimamente segura, afinal Guedes já foi pinçado do Transição, já que João Pedro vive lesionado e, nas últimas oportunidades que teve, foi muito mal.

Com relação à Juninho, penso que a reposição será segura, já que Luiz Otávio era o titular antes dele e mostrou indícios de ser um bom zagueiro. Só acho que precisa melhorar a concentração para evitar erros como o da primeira final contra o Ceará e como o pênalti bobo cometido contra o Independiente aqui. O que acho muito ruim dessa suspensão é que o zagueiro canhoto vinha numa crescente enorme e encaixou muito bem com Conti. Parece que é um ótimo complemento para o ótimo e técnico, mas lento, zagueiro argentino, já que, além de canhoto, tem boa velocidade para um defensor central. Sobre Conti, gostaria de pontuar que estou impressionado demais com o futebol do cara. Pode ser cedo, mas como tricolor de 40 anos, de janeiro de 1981, desde que comecei a ver futebol com algum discernimento, não lembro de ter visto outro zagueiro com a camisa tricolor com o futebol dele. A acompanhar.

Outro jogador que cumprirá suspensão também considero estar no rol de atletas recentemente recuperados por Dado: o meio campista Daniel. Confesso que ele tem um estilo de jogo que gosto, de meio campista que arma o jogo de trás (lá ele), de intermediária a intermediária, sendo importante tanto na saída da bola do campo de defesa, como tendo capacidade de dar penúltimos e últimos passes. Pontuei em textos anteriores que achava que estava faltando intensidade ao meio campista tricolor, mas nos últimos jogos, talvez graças à sequência numa mesma posição e à confiança que Dado passou, tenho visto evolução neste quesito, com boa entrega até na fase defensiva.

Um ponto que me traz preocupação nesta reposição é pela ausência de um jogador dentre aqueles que vem sendo utilizados por Dado com características parecidas com as de Daniel. Na volância Dado vem relacionando Jonas, Lucas Araújo, Galdezani e as vezes Edson (confesso não entender Edson continuar no grupo principal). O que me parece ter características mais próximas às de Daniel seria Galdezani, ainda que, em tese, o volante tenha menos valências de armação. Nos bons tempos de Coritiba, quando surgiu, até era aquele volante que aparecia para bater de fora, mas nas últimas passagens dele por Atletico Mineiro, Internacional e no retorno ao Coritiba, parece ter perdido isso. No Bahia não teve muitas chances de jogar os 90 minutos (entrou como titular apenas contra o fraco Guabirá, na goleada por 5x0). Mas, pelo que imagino ao tentar pensar com a cabeça de Dado (lá ele de novo), é que Galdezani seja a escolha natural neste momento.

Confesso que, na verdade, gostaria de ver Pablo tendo chances nesta posição. O meio campista oriundo do Vila Nova me parece ser o jogador com características mais próximas às de Daniel. Ainda parece ser mais dinâmico, até com maior capacidade de chegada, já que tem bom remate de fora da área. Acho uma incongruência Pablo não estar sendo relacionado, mas Edson sim, seja pela perspectiva de futuro ou até mesmo pelo que parecem poder agregar (ou não, no caso de Edson) ao time principal. Inclusive, acho até mesmo Bruno Camilo superior a Edson e com características mais próximas às de Daniel, por exemplo.

Hoje parece claro que temos um time base quase definido: Claus ou Teixeira (não consigo crava qual dos dois será titular); Nino, Conti, Juninho e Matheus Bahia; Patrick, Daniel, Thaciano, Rodriguinho e Rossi; Gilberto. Acho um bom time, capaz de lutar pela primeira metade da tabela (hoje acho um objetivo, se não ideal, razoável, dentro da evolução paulatina que o Bahia precisa), principalmente se chegasse um lateral esquerdo pra assumir a posição e, quem sabe, mais um atacante de beirada definidor pra jogar pelo lado esquerdo (no lugar de quem, confesso, não sei!).

Considerando os bancos que o Bahia escala, teríamos como “time reserva”: Douglas ou Junior; Renan Guedes, Luiz Otávio, Lucas Fonseca (Gustavo Henrique foi incorporado do Transição) e Capixaba; Jonas, Lucas Araújo e Galdezani (Edson costuma figurar no banco e temos Pablo, do Transição); Ruiz, Maicon Douglas e Thonny Anderson (além deles, temos o eterno Alesson sendo sempre relacionado e às vezes entrando, além de Índio Ramirez, que deve voltar lá pra setembro). Aqui começamos a ver lacunas. Falta o centroavante, já que Thonny Anderson, apesar de estar tentando contribuir por ali, é mais meia-atacante do que camisa 9. Além disso, se chegassem um lateral e um atacante de beirada definidor pro lado esquerdo, aí sim poderíamos ter um elenco mais encorpado.

O fato é que até chegarem reforços, o time é esse. E é esse elenco que vai pro jogo em Bragança Paulista pra encarar o Red Bull. Sem o 3 jogadores suspensos e pelos últimos jogos, acho que Dado vai com Claus; Guedes, Conti, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Patrick, Galdezani (ou Jonas, com possível avanço de Patrick), Thaciano, Rossi e Rodriguinho; Gilberto. Espero que este time tenha força pra competir neste jogo duríssimo, contra um time que deve brigar na metade de cima da tabela.

@c_patrocinio

 
Outras colunas
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.