é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Coluna

Caio Vasconcelos
Publicada em 26/08/2019 às 13h05

Minha Análise - Atlético MG 0x1Bahia

Meus Amigos,

 

Num horário impróprio para o futebol, o Bahia foi ao Estádio Independência e ganhou do Atlético Mineiro pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2019, conseguindo seu primeiro triunfo no certame fora de casa.

 

Com um início de jogo equilibrado, com destaque para Lucca, que quase marcou um gol olímpico, e Douglas, que fez 2 lindas defesas, o Bahia trabalhava a bola pelos lados do campo sem entretanto jogar pelo meio. Assim, as jogadas ofensivas eram bloqueadas constantemente e o Bahia não conseguia se sobrepor ao time mineiro. O mesmo ocorria com o Atlético, lento nas ações ofensivas e bem bloqueado pela defesa tricolor.

 

A primeira jogada ofensiva que o Bahia fez por dentro resultou em gol. Giovanni recebeu no meio campo, ameaçou passar para Ronaldo na ponta, trouxe pra dentro e serviu Gilberto, indo em direção ao camisa 9 e conseguiu tabelar com Lucca. A bola foi passada para Ronaldo na ponta esquerda, que cruzou para o camisa 11. Este bateu forte e o arqueiro atleticano defendeu. Nino roubou a bola e cruzou para Gilberto se antecipar e marcar. 1x0.

 

Após o gol, Douglas começou a ser o nome do jogo. Fez 2 milagres, um deles numa linda cabeçada do bom centroavante Alerrandro e o Bahia, aos trancos e barrancos conseguiu manter a vantagem no placar até o final da primeira parte.

 

Esperava-se que o Bahia conseguisse encaixar contra-ataques na segunda parte, mas isso pouco se viu. O Atlético Mineiro pressionou bastante, mas não conseguiu empatar em virtude das belas defesas do arqueiro Douglas, o melhor do campeonato na minha opinião, e ainda porque perdeu oportunidades pela afobação de seus atletas.

 

Os volantes tricolores não fizeram um bom jogo. Ronaldo pouco ajudou a fechar o lado esquerdo, deixando Giovanni e Lucca sobrecarregados, e Gregore perdeu bolas que ele não perde com frequência, o que fez a defesa tricolor ficar extremamente pressionada, muito recuada.

 

Ofensivamente, no segundo tempo o Bahia praticamente não incomodou o time mineiro, destacando somente os lances de Artur e Lucca, ambas defendidas pelo goleiro mineiro. Apesar do triunfo, importantíssimo, o Bahia não fez uma boa partida ofensiva e poderia ter matado o confronto se fosse mais eficiente e corajoso com a bola nos pés.

 

Douglas – O melhor em campo e melhor goleiro do campeonato. Defesas incríveis, muita confiança, reflexos apuradíssimos e regularidade. Além disso, é o goleiro que mais vezes saiu de campo sem sofrer gols, 8, o que demonstra seu excelente trabalho.

Nino – Partida muito forte, ofensivamente e defensivamente. Soube antecipar e cruzar com maestria para Gilberto marcar.

LF – Fez um bom jogo, apesar de alguns passes forçados. Precisa parar de forçar passes para os volantes na dividida. A bola dos zagueiros tem que ser de segurança.

Juninho – Fez uma partida regular, mas com pouca cobertura ao lateral esquerdo. Ganhou poucas bolas de cabeça.

Giovanni – Fez uma partida regular, com bom domínio de bola e alguns desarmes interessantes.

Gregore – Fez uma partida abaixo do seu normal, chegando atrasado e errando botes em sequência.

Flávio – O mais regular dos 3 volantes. Cobriu Nino muito bem e ainda tentou chegar a frente, inclusive com 2 chutes a gol. Marcou Luan muito bem.

Ronaldo – Uma partida fraca do camisa 16. Deu muito espaço a Nathan e a Giovânio, muitas vezes se atrapalhando com Gregore no posicionamento em campo. Além disso, matou 3 contra-ataques por não ter confiança no passe longo.

Artur – Defensivamente foi muito bem. Ofensivamente foi mal, não conseguindo sucesso nos confrontos diretos.

Lucca – Foi bem ofensivamente. Criou chances e deu trabalho ao goleiro Atleticano em 3 oportunidades. Evoluiu bem.

Gilberto – Uma partida de muita entrega e um gol de centroavante de muita categoria. Fundamental sempre que está em campo. Ganhou muitas bolas dos zagueiros, mas sempre ficou isolado no ataque.

Elber – Entrou e colaborou bastante na parte defensiva. Pouco produziu no ataque.

Guerra – Entrou mas não conseguiu criar ofensivamente as jogadas necessárias para o 2°gol.

Fernandão – Entrou e pouco produziu.

Roger Machado – Arriscou as linhas baixas e foi feliz. Precisa pensar estratégias para jogos que o Bahia precise propor o jogo, como os 2 próximos em casa.

Outras colunas
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.