é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Coluna

Caio Vasconcelos
Publicada em 06/11/2020 às 13h42

Minha Análise - Bahia 4 x 0 Melgar - SULA2020

Meus Amigos,

Em um jogo marcado por sentimentos de despedida e de reencontro, o Bahia venceu de forma confortável o Melgar do Perú por 4x0, avançando para as oitavas de final da Copa Sulamericana.

Pouco antes da bola rolar, a torcida tricolor foi informada do falecimento do comunicador Jotinha, torcedor bastante conhecido do Bahia, decorrente da COVID-19. Que Deus conforte a família e os amigos. Valeu Papá!!!

Curiosamente, esta partida marcou também retornou do Bahia à Fonte Nova, após longos meses do Estádio como Hospital de campanha justamente para o combate à mesma doença. Uma triste coincidência.

Com a bola rolando, o time de Mano Menezes se impôs desde o início, buscando jogadas principalmente pelo lado direito, com Nino, Fessin e Daniel, que articulava as jogadas com muita qualidade e dando dinâminca ao time. Aliás, o posicionamento do camisa 10 na Sulamericana foi bastante diferente em relação aos outros jogos. Jogando mais adiantado, ao lado de Gilberto, teve mais liberdade para criar jogadas, movimentações e chegar na frente com condições de criar perigo ao adversário.

O primeiro gol tricolor veio logo aos 11 minutos através de Fessin, que aproveitou um bom escanteio cobrado por Capixaba e bateu de primeira, sem chances para o goleiro. 1-0.

O Bahia continuou pressionando, criando chances de perigo. Logo depois, nasceu o segundo gol. Aos 20 minutos, Daniel bateu o escanteio, Gregore cabeceou e o arqueiro peruano aceitou. 2-0 e a classificação bem encaminhada.

O Melgar só incomodou através de cruzamentos, todos cortados ou antecipados por Douglas. E aos 34 minutos o Bahia ampliou. Após boa jogada entre Nino e Daniel, o camisa 10 serviu Fessin na área. O menino de Campina Grande dominou dentro da área, cortou dois adversários e bateu com categoria. Golaço!!! 3-0 e um certo alívio pelo risco de ser desclassificado por um adversário tão fraco como o time peruano.

O Bahia, com suas duas linhas de 4 jogadores e com Daniel e Gilberto à frente esperava o erro do adversário para matar o confronto. E ele apareceu. Aos 35 minutos,
Gregore roubou abola na intermediária, avançou e fez um belo passe para Daniel. O camisa 10 pegou a defesa desorganizada e serviu Gilberto na entrada da área. O camisa 9 recebeu e na saída do goleiro fechou o caixão. 4-0 e o 50º gol de Gilberto pelo Bahia em 113 jogos pelo clube.

Algo que chamou a atenção após este gol foi que a câmera focou em Mano Menezes e este estava orientando Elias para não deixar o time peruano gostar do jogo, numa clara interpretação de que um vacilo defensivo poderia colocar o adversário na partida.

Gilberto ainda teve a chance de marcar o 5º gol da partida, mas parou no goleiro adversário. Fim do primeiro tempo e 4-0 no placar.

Na segunda parte Mano Menezes repetiu o time. Depois, foi promovendo alterações, com o intuito de rodar o elenco e dar ritmo à Rodriguinho. O experiente meia até achou um lindo passe para Nino que cruzou para Saldanha perder um gol incrível, dentro da pequena área. Cheguei a gritar gol no lance, tamanha a certeza de que seria gol.

O jogo estava controlado pelo Bahia e teve pouca emoção na segunda parte. Rodriguinhi tentou um chute de canhota, mas passou ao lado. E no fim, novamente Rodriguinho apareceu. Ele serviu Alesson e o atacante entrou em condições de marcar, mas parou novamente no arqueiro peruano. 4-0 e a classificação para as oitavas de final assegurada. Mais 500 mil dólares nos combalidos cofres do clube e uma viagem para a Argentina, para enfrentar o Unión de Santa Fé, pelas oitavas de final da Sulamericana.

Douglas - Esteve atento em todo o jogo e foi eficiente quando exigido.
Nino - Fez um bom jogo. Fez boas jogadas e criou chances de gol, principalmente com Daniel.
Lucas Fonseca - Não foi tão exigido, mas sempre teve segurança nos passes e cortes.
Juninho - Não foi exigido, mas teve segurança nos momentos em que apareceu para jogar.
Capixaba - Fez uma partida razoável. Cruzou bem a bola no primeiro gol, mas bateu mal uma falta na segunda parte.
Elias - Fez um jogo correto. Sem inventar, sem conduzir a bola. É quem Mano confia para a transição ofensiva.
Gregore - Fez um bom jogo. Coroado com um gol e com bons passes ofensivos, cresce quando Elias está em campo.
Daniel - O melhor do Bahia. Belíssima participação em 3 gols, com calma e passes bem executados. Estava precisando deste tipo de atuação para cair nas graças da torcida.
Fessin - Fez 2 belos gols. O segundo foi de muita dificuldade e qualidade. Está se firmando como titular do time.
Élber - Difícil aceitar sua escalação como titular, no dia em que a imprensa noticiou seu acerto com o time japonês do Yokohama Marinos apartir de janeiro de 2021. O momento é de quem quer ficar no clube, de quem quer brigar pelo clube e nesta partida foi tudo que Elber não fez. Passou ao lado, de forma bastante desinteressada.
Gilberto - Marcou um gol importante e teve boa movimentação no primeiro tempo. Substituído aos 13 do segundo tempo, a parte física vem pesando nesta parte da temporada.

Ronaldo - Entrou e pouco produziu. Fechou os espaços para garantir o resultado.
Alesson - Entrou e pouco produziu. Perdeu um gol que poderia ser importante para o seu destino dentro do clube. Neste Bahia onde as oportunidades estão sendo dadas, precisa aproveitar.
Rossi - Entrou e pouco produziu. Correu para fazer uma partida regular.
Saldanha - Entrou e perdeu um gol que não se perde. Neste Bahia onde as oportunidades estão sendo dadas, precisa aproveitar.
Rodriguinho - Entrou e mostrou qualidade nos passes. Ainda sem ritmo, seus giros na defesa e toques de primeira mostraram que, quando estiver 100%, será bastante útil ao time.

Mano Menezes - A mexida tática apresentada com o adiantamento de Daniel para jogar ao lado de Gilberto foi uma grande sacada para esta partida. Irá se virar para lançar Rodriguinho, Daniel, Gilberto e Fessin, pois esses 4 hoje são os jogadores de ataque do Bahia mais perigosos.

Outras colunas
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.