é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Coluna

Caio Vasconcelos
Publicada em 12/10/2020 às 13h05

Minha Análise - Fluminense 1x0 Bahia - BR2020

Meus Amigos,

Neste domingo, no estádio do Maracanã o Bahia fez uma partida muito abaixo do esperado e foi derrotado pela fraca equipe do Fluminense, por 1x0.

Com a expectativa de uma boa apresentação, muito pelo crescimento do time nas últimas 3 partidas, muito pela melhora de algumas peças importantes do elenco, como Rossi, Gilberto e Clayson, imaginava-se que o Bahia fosse ao ataque desde o início, com o trio de ataque pressionando a saída do Flu. Ledo engano. O Bahia fez a maior parte do jogo com sua linha defensiva baixa, num 451, com Gilberto muito isolado e com os pontas bastante recuados. A estratégia claramente foi equivocada, pois ao ter a bola o time de Mano Menezes não tinha força para chegar a frente com perigo. Basta ver que os poucos momentos de lucidez do time foram em erros de passe do adversário e que mesmo assim, com a defesa exposta, o Bahia não teve sequer capacidade para definir em gol. Não me recordo de uma defesa de Muriel no confronto. Apenas Gilberto levou perigo num chute de fora da área, que passou perto.

O Bahia jogou como se o 0x0 fosse o resultado que lhe interessava. E o Fluminense também não apresentou nada muito melhor do que isso. Foi um jogo ruim de se assistir. Apenas quando Nenê, mesmo com seus 39 anos, aparecia no jogo é que o time carioca criava chances. Numa delas Fred escorou e o camisa 77 acertou um belo chute de primeira, para boa defesa de Douglas. No lado do Bahia, Rossi errou tudo que tentou na primeira parte, desperdiçando contra-ataques por escolhas equivocadas.

Na segunda parte, o Nenê passou a cair pelo lado esquerdo. E por ai aconteceu o gol do time das Laranjeiras. Nenê foi lançado na ponta esquerda e Gregore, de forma infantil, amadora realmente, dá uma ombrada nas costas do veterano jogador, com o braço finalizando a jogada. O VAR revisou o lance e assinalou a penalidade máxima. Na cobrança,Nenê bateu bem e marcou. 1-0.

O time carioca já havia tido uma chance anterior em que a bola explodiu no pé da trave. Pelo lado do Bahia o ataque e o meio de criação praticamente nada fizeram, e os reservas que entraram em nada acrescentaram ofensivamente. Somente uma falta cobrada por Marco Antônio, mas que não passou perto e uma cabeçada de Saldanha, que passou por cima, são chances dignas de registro. O camisa 99 ainda pediu penalti num lance, mas foi uma queda ridícula, sem qualquer dúvidas da simulação.

No fim, as reclamações exageradas de Mano Menezes, culminando com o pobre argumento de "Juíz vagabundo", demonstrou que o Bahia estava completamente desfocado do seu objetivo. A arbitragem não influenciou diretamente no resultado e, se alguém pode ser considerado prejudicado foi o Fluminense, com a bola na mão de Juninho no primeiro tempo, já que o lance foi muito parecido com o que a torcida do Bahia reclamou de Felipe Bastos na quarta feira em Pituaço. As reclamações de Mano apenas mascararam para alguns torcedores o desempenho medíocre do time neste domingo. Se o Bahia quer brigar por algo maior, não será com essas peças e desta forma, como venho alertando desde janeiro. Precisamos de reforços que cheguem e joguem.

Douglas - Quando foi exigido não comprometeu.
Ernando - Fez uma atuação segura. É o titular da posição para mim, pois ajuda muito nas bolas aéreas.
LF - Talvez tenha sido o melhor jogador do Bahia na partida. Seguro, não errou um desarme.
Juninho - Fez um jogo seguro novamente.
Capixaba - Fez uma partida bem abaixo do que se espera. Errou cruzamentos, desarmes e antecipações. Não dá para oscilar tanto de uma partida para outra.
Elias - Fez um início de jogo bem ruim, errando muitos passes. Depois, corrigiu seu posicionamento e cresceu na partida.
Gregore - Não vinha mal na partida. Estava conseguindo desarmar bem, com poucas faltas. Mas o pênalti infantil foi decisivo. Difícil entender a tomada de decisão que fez. Jogada morta, jogador "puta véa" do adversário, porque fazer o movimento com o braço? Infeliz demais na sua escolha.
Daniel - Não acho que tenha sido tão ruim como a maioria entendeu. Mas sentiu muito a incapacidade dos atacantes. Diversas vezes teve chances de esticar a bola em velocidade mas os 2 pontas e Gilberto queriam a bola no pé. Além disso, pareceu cansado, sem forças.
Rossi - Não entendi porque Mano trouxe Rossi para marcar quase como um auxiliar de lateral. O time do Flu não é essa máquina para justificar tamanho respeito. E quando teve a bola, errou todos os chutes, passes e cruzamentos que tentou. Além disso, não deu opções de lançamento. Só quis a bola no pé, o que prejudicou muito o jeito do time jogar.
Clayson - Muito recuado, não teve forças para chegar na frente com condições de desequilibrar. Mas também não deu opções de lançamento. Só quis a bola no pé, o que prejudicou muito o jeito do time jogar.
Gilberto - Ficou bastante isolado. Não recebeu uma bola em condições de finalizar. Achei sem força para ganhar dos zagueiros do Flu na corrida ou no corpo. Arriscou um belo chute, que foi para fora e só. Precisa sair menos da área, pois até para receber os cruzamentos não tem se colocado bem.

Saldanha - Entrou e pouco produziu.
Fessin - Entrou e pouco produziu.
Elber - Entrou e pouco produziu.
Nino - Entrou e pouco produziu.
Marco Antônio - Entrou e pouco produziu. Teve uma falta nas condições que gosta, mas bateu mal para fora.

Mano Menezes - O seu trabalho ainda não merece ser questionado, mas esse respeito ao Fluminense foi uma estratégia errada. E não liberar os pontas, ou pelo menos 1 deles, foi determinante para o Bahia ser um time frívolo, inútil no setor ofensivo. As alterações pouco agregaram e só reforça que precisamos de reforços para ontem. Suas reclamações durante a partida são consideradas normais no meio do futebol. Mas ir até o centro do campo e chamar um árbitro de "vagabundo" é pesado demais. Deve ser punido pelo STJD.

Outras colunas
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.