é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Divisões de Base

Publicada em 04 de janeiro de 2021 às 16h35

Conheça os destaques do time sub-20 do Bahia na temporada

Esquadrãozinho chegou à final da Copa do Brasil com destaques individuais e coletivos

Victor de Freitas

2020-12-29-10-05_capasub20bahiaxvascofinal1
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

A temporada de 2020 foi encerrada para a equipe sub-20 do Bahia. Sem Estadual no ano passado, por conta da pandemia, a categoria tricolor disputou Copinha, Brasileirão, Nordestão e a Copa do Brasil sub-20.

Com quatro competições em disputa, o Esquadrão conseguiu destaque na Copa do Brasil sub-20. Em um torneio de mata-mata, conseguiu desbancar times como São Paulo e Palmeiras (atual tetracampeão paulista) em jogos de ida e volta.

Nas demais competições, foram situações distintas que culminaram em eliminações precoces.

Na Copinha, disputada em janeiro de 2020, o time ainda era dirigido por Pablo Fernandez e caiu na segunda fase após atuações sem brilho. Logo em seguida o técnico foi demitido.

Após a paralisação por conta da pandemia, o Tricolor disputou outras três competições. Foi competitivo no Brasileirão, apesar de “abrir mão” dos últimos jogos para focar na Copa do Brasil. Na Copa do Nordeste, atuou com uma equipe sub-17 e reservas do sub-20.

Individualmente destaques da temporada foram:

  • Fabrício - goleiro, 20 anos

Com passagem pela base do Desportivo Brasil-SP, Fabrício obteve destaque por atuações marcantes em jogos decisivos da temporada. Fez defesas importantes, defendeu penalidades e recebeu elogios frequentemente.

Já estourou a idade de base e será profissional a partir de 2021.

  • Douglas Borel - lateral, 18 anos

Formado no Fazendão, o lateral-direito já atuou como atleta profissional em 2019, quando ainda tinha 16 anos. Visto como um dos principais talentos da base, ainda é jovem, mas deve disputar competições profissionais neste ano.

Ganhou destaque pelo estilo de jogo ofensivo e que lhe garantiu três gols na temporada, inclusive um deles na final da Copa do Brasil

  • Hélio Júnior - lateral/meia, 20 anos

Contratado pelo Bahia no início de 2020, Hélio Júnior iniciou a carreira na base do Atlético Mineiro e ainda passou no futebol português antes de chegar ao Tricolor.

Lateral-esquerdo de origem, o atleta demonstrou versatilidade ao atuar frequentemente como meio-campista central na equipe sub-20, vestindo a camisa 10. Marcou três gols e já fez treinamentos com o time principal. Deve compor o elenco de Dado assim que voltar de lesão.

  • Patrick de Lucca - zagueiro/volante 20 anos

Versatil defensor, Patrick atua tanto de zagueiro, como também na posição de volante. E foi como primeiro homem do meio-campo que chamou a atenção por suas atuações no time sub-20.

Chegou ao Bahia no segundo semestre de 2020, após iniciar sua formação na base do Palmeiras. Fez quatro gols em 24 jogos, e já faz parte do grupo profissional tricolor.

  • Luiz Felipe - volante, 20 anos

Capitão do time sub-20, Luiz Felipe está no Bahia desde que saiu do Palmeiras em 2019. É visto como um dos principais jogadores da base tricolor por ser a peça que deu dinâmica ao meio-campo do time durante a temporada. Já está no elenco profissional

  • Daniel - atacante - 19 anos

Mais um atleta formado no Fazendão, o atacante foi um dos artilheiros do Bahia nas competições nacionais da categoria sub-20. Foram sete gols em 26 jogos.

Atuando como ponta direita titular do Bahia, demonstrou velocidade, força e presença de área durante as partidas. Deve ganhar chances em 2021.

  • Thiago Andrade - atacante, 20 anos

Já o maior destaque da equipe é o atacante Thiago Andrade. Revelado pelo XV de Jaú, com passagens por Fluminense e Portimonense-POR na base, o jogador demonstrou habilidade, visão de jogo e precisão nas finalizações.

Fez nove gols em 24 jogos e terminou a Copa do Brasil como artilheiro. Já é atleta do elenco profissional.

  • Promessa sub-17: João Vitor

O meia-atacante tem 17 anos, chegou ao Bahia durante o segundo semestre, mas já ganhou espaço no clube. Rapidamente subiu do sub-17 para a equipe sub-20, foi relacionado para a Copa Sul-americana e já treinou com o time profissional com Mano Menezes. Internamente, é visto como um atleta de potencial.

  • Técnico: Eduardo Guagdanucci

Profissional de 33 anos, Eduardo chegou ao Bahia em 2019 para treinar a equipe sub-15 do Esquadrão. Menos de um ano depois, foi promovido pouco tempo antes do retorno das competições após a paralisação por conta da Covid-19.

Ele substituiu Carlos Amadeu, que havia saído do clube para trabalhar na Arábia Saudita em agosto - e faleceu no final de 2020.

Mesmo com pouco tempo de preparação e com inúmeras contratações recentes, o profissional conseguiu definir uma escalação titular com padrão de jogo e que alcançou resultados expressivos no segundo semestre.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.