é goleada tricolor na internet
veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Após atuação ruim, Thaciano cobra ‘espírito de luta’ para vencer Palmeiras

Notícia
Entrevista
Publicada em 27 de outubro de 2023 às 17:29 por Victor de Freitas

thaciano29
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

Após vencer três jogos seguidos, o Bahia sofreu uma dura derrota por 3 a 0 diante do Cruzeiro, na 29ª rodada, em um direto contra o Z-4. Agora, o adversário é o Palmeiras, em um confronto entre opostos na classificação.

Titular absoluto do Bahia ao longo de todo o Campeonato Brasileiro, Thaciano tem mais uma vez a posição no time inicial garantida para esta rodada.

Contra o Palmeiras, o meio-campista reencontrará o adversário contra quem marcou o gol do triunfo no primeiro turno, na Arena Fonte Nova. Ele cita esse jogo como lição para buscar mais um resultado positivo sobre o Palmeiras.

“Acho que tirar de lição daquele jogo foi a intensidade que a gente teve, de acreditar até o final, que até o gol veio nos acréscimos, se eu não me engano, de acreditar ali no chute que o Daniel, estava ali na sobra. É continuar acreditando que a gente possa fazer uma boa partida na casa deles”.

Mas a partida contra o time alviverde acontecerá após uma atuação altamente criticada por torcedores e pelo técnico Rogério Ceni.

Além de admitir que o time não correspondeu no Mineirão, Thaciano se inspira em Kratos (do game God Of War), de quem leva um apelido, ao cobrar foco e ‘espírito de luta’ para voltar a vencer.

“Foi um jogo irreconhecível. A gente vinha de boas atuações, vinha de três triunfos. Até antes dos triunfos, a partida do Flamengo, a gente fez uma boa partida. O grupo todo ali, a gente que entrou em campo, não conseguiu desempenhar o que o Rogério pediu, mas agora já é passado”.

“É um jogo difícil na casa deles, onde eles são muito fortes. Mas a gente tem que voltar àquele espírito que a gente estava antes do Cruzeiro, que é um espírito forte de luta, de jogo, de conseguir também anular o adversário. Eu creio que a gente já teve essa conversa, a gente vai continuar conversando, concentrado, para que a gente possa fazer uma boa partida”.

O que mudar após um jogo ruim?

“Mudar não, a gente vinha bem. O problema foi que esse jogo atípico, mas que a gente também possa repensar que não possa acontecer mais, porque o campeonato já cai para nove rodadas e a gente precisa vencer, precisa pontuar para a gente disparar e sair desse tumulto ali. O pensamento é esse, que não possa mais acontecer uma partida como essa, que foi uma partida irreconhecível”.

Possibilidade de ser escalado como armador de jogadas

“Me sinto bem, ele (Rogério Ceni) sempre conversa comigo, desde a sua chegada a gente sempre tem trocado algumas ideias de posição e para mim então é super tranquilo”.

O que deu errado contra o Cruzeiro?

“Acho que a gente entrou abaixo do que a gente vinha fazendo. A gente estava bem no jogo, mas depois de um gol a gente ali dentro de campo desorganizou um pouco e aí o jogo ficou fácil para eles. A gente tinha nesses últimos jogos a intensidade de tudo e não conseguimos fazer o nosso papel”.

comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros.
O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios
impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

enquete

Após mais de 50 jogos pelo Bahia, como você avalia o trabalho de Rogério Ceni?
todas as enquetes
casas de apostas brasileiras