é goleada tricolor na internet
veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Arias avalia início no Bahia e comenta projeto do clube: ‘bastante ambicioso’

Notícia
Entrevista
Publicada em 9 de maio de 2024 às 16:20 por Victor de Freitas
Lateral já disputou as maiores competições do futebol por clubes e seleção; no Bahia, garante estar feliz com a ambição do clube
arias
Foto: Tiago Caldas/EC Bahia

Santiago Arias passou 11 anos atuando por clubes do futebol europeu antes de ter uma experiência nos Estados Unidos e, no início de 2024, acertar sua vinda ao Bahia por duas temporadas.

Em menos de quatro meses de Esquadrão, o lateral-direito já se firmou como uma peça importante da equipe titular, com um gol, duas assistências e atuações que lhe rendem elogios da crítica especializada e da torcida.

Prestes a disputar seu 15º jogo pelo Bahia, Arias falou sobre o processo de adaptação ao Tricolor, citando auxílio da comissão técnica e dos jogadores, além, é claro, da importância ter a família ao seu lado.

“Acredito que, primeiro, a confiança que tem tanto a equipe como o treinador, os companheiros. Desde o momento em que cheguei, me senti muito bem, como se eu já estivesse há muito tempo na equipe. Isso facilita a entrar o grupo. Para mim, é muito importante e fundamental a minha família estar feliz. Minha esposa e meus filhos estão contentes, na escola, minha esposa com suas atividades, em seu trabalho. Então, isso é importante para estar focado no futebol”.

No Bahia, Santi Arias ganhou o lugar de Gilberto, que havia sido contratado justamente para resolver o problema no setor em 2023. E o colombiano vê a disputa interna como um fator fundamental para o crescimento do time.

“A competição entre nós nos faz sempre buscar mais e ser melhor, uma competição saudável. Enquanto se tem essa competição, a equipe vai desempenhar cada vez melhor dentro de campo. Tratar sempre de manter esse espírito, sempre ganhar e sempre ir por mais”.

Ao deixar o Cincinnati no fim de 2023, Arias ficou livre no mercado e atraiu a atenção de clubes de diferentes países, já que continua sendo um atleta de seleção colombiana.

Ele falou novamente sobre o que te motivou a escolher a proposta do Bahia. Segundo ele, a ambição do projeto apresentado pelo Tricolor o motivou.

Sabia que era um projeto de larga duração, que me parece bastante ambicioso, um grupo muito forte no mundo do futebol. Creio que por isso me interesse e por isso decidir vir, afinal, me senti querido, bem. Ajudou muito para tomar essa decisão. Agora as coisas estão saindo bem e espero que siga assim”.

Torcida na Arena Fonte Nova

“Todas as equipes preferem jogar em casa, com sua torcida. Ajuda a ter mais motivação, o “empurrão” para ganhar as partidas. Ainda mais aqui no Bahia, tem bastante apoio e a todo momento. Desde o primeiro ao último minuto. É muito importante diante de um rival direto, é sair ganhador da partida”.

Com o apoio da torcida, o Bahia enfrentará o Red Bull Bragantino no domingo (12), às 18h30.

comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros.
O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios
impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

enquete

Após mais de 50 jogos pelo Bahia, como você avalia o trabalho de Rogério Ceni?
todas as enquetes
casas de apostas brasileiras