é goleada tricolor na internet

veículo informativo independente sobre o esporte clube bahia

Notícia | Entrevista

Publicada em 21 de julho de 2021 às 19h16

Bellintani reclama de Bahia ‘exposto’ contra o Flamengo

Presidente fala em entender motivos, corrigir as falhas e tirar o peso da derrota já nos próximos jogos

Victor de Freitas

bellintani55novo
Fonte: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Bahia vem de uma dolorosa derrota por 5 a 0 sofrida para o Flamengo, em pleno estádio de Pituaçu. Já na noite desta quarta-feira (21), o presidente tricolor apareceu ao vivo em entrevista à rádio Metrópole FM. Dentre os temas discutidos, o jogo do último domingo foi comentado pelo dirigente.

Perguntado sobre os motivos que ocasionaram o vexame diante da equipe flamenguista, Bellintani reclamou do fato de o Bahia ter entrado em campo de forma “exposta” mesmo sabendo das características agressivas do ataque adversário. Ele afirma ter tido essa conversa tanto com a comissão técnica, como também com os jogadores.

“A gente passa por um momento de dificuldade. Jogamos sem três ou quatro jogadores que vinham jogando habitualmente. Sofremos com isso. O que estou falando aqui também foi discutido com jogadores e comissão técnica e acho que fomos com uma forma de jogar um pouco exposta para um time que tem a qualidade técnica do Flamengo. Se a gente for observar, os últimos jogos com o Flamengo foram de muitos gols: 4x3, 5x3, 3x0. É uma pena que dessa vez a gente não tenha feito nenhum, mas foram jogos sempre com muitos gols. Com a qualidade que o Flamengo tem, empolgado pela chegada de Renato Gaúcho, e a gente entrando com o time um pouco mais exposto e sem alguns titulares com quem vínhamos trabalhando, a conjuntura foi muito desfavorável para nós”.

A goleada já foi sofrida e nada irá mudar o placar. Com isso, Bellintani fala em buscar entender os motivos que causaram uma atuação que permitiu cinco gols para o adversário e tirar rapidamente o peso dessa derrota.

“O que tem que olhar é ver exatamente os motivos disso tudo, corrigir e buscar não abalar a confiança do time. O time vem com uma confiança grande, pontuando entre os 10 primeiros do campeonato desde a primeira rodada. A gente quer se manter com esse objetivo. É o tipo de resultado que tem que nos ensinar muito, mas não pode virar um peso nas nossas costas a partir de agora. Tem que entender que passou, aprender com isso, mas rapidamente tirar esse peso das costas e trabalhar para dois jogos na sequência contra o Atlético Mineiro. Mas, é o tipo de derrota que fica a marca por muito tempo. O que a gente trabalha é não trazer disso um peso enorme para o resto do campeonato”.

O próximo jogo do Bahia será contra o Atlético Mineiro, no domingo (25), no Mineirão.

leia também
comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ecbahia.com. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral, os bons costumes ou direitos de terceiros. O ecbahia.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.